Mazaropi revela porque foi cortado da Copa do Mundo de 78; não se espante

O ex-goleiro do Vasco da Gama, Mazaropi, revelou o motivo pelo qual foi cortado da Seleção para a Copa do Mundo de 1978.

Um dos maiores goleiros da história do futebol brasileiro, Mazaropi revelou durante participação no programa Bem, Amigos, da noite desta segunda-feira, que foi cortado da Copa do Mundo de 1978 por causa do apelido. Segundo ele, que não aceitou trocar por Geraldo, seu nome real, a decisão foi tomada uma semana antes da viagem. Leão, Carlos e Waldir Peres representaram o país.

- Fui cortado da seleção brasileira porque não quis trocar o nome. Em 1978 eu seria um dos três goleiros. Uma semana antes da viagem me cortaram. Eles queriam que eu mudasse. Até o Vasco tentou. Imagine um goleiro chamado Geraldo (risos). Já tinham comunicado ao Vasco que seria eu e Roberto Dinamite os convocados.

Luis Roberto e Paulo César Vasconcellos se surpreenderam com a declaração e comentaram o fato:

" Amácio Mazzaropi foi um dos gênios da história do cinema do Brasil. Que história inacreditável. Numa CBD que era comandada por militares e tínhamos algumas restrições, mas de nome. Já pensou? Pelé não vai" - disse Luis Roberto.

"O presidente era CBD e muito ligado ao Vasco. O que alguém pensou que poderia significar Mazaropi, que foi um artista sem nenhum posicionamento ideológico" - lembrou Paulo César Vasconcellos

Os principais títulos de Mazaropi foram por Vasco e Grêmio. Pelo time carioca, ele foi campeão brasileiro de 1974. No Sul, o goleiro venceu a Libertadores de 1983, a Copa do Brasil de 1989, entre outros.

Veja o vídeo:

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »