Maxi López fala sobre acerto e se diz apaixonado pela torcida do Vasco

Maxi López afirmou que se sentiu importante com a proposta do Vasco e espera dar alegria aos torcedores cruzmaltinos.

Maior reforço do Vasco na temporada até agora, Maxi López foi apresentado pelo clube na noite desta terça-feira, na sala de beneméritos do Complexo Esportivo de São Januário. O atacante argentino recebeu a camisa 11 das mãos do presidente Alexandre Campello - Alexandre Faria, diretor executivo de futebol do Cruz-Maltino, também esteve presente. O contrato de La Barbie é válido até o fim de 2019. Aos jornalistas, o novo reforço do Vasco ressaltou que ficou apaixonado pelos torcedores - ele assistiu no estádio a vitória sobre o Bahia, na última segunda-feira.

- Para mim é uma oportunidade muito importante vir para um grande time. Falei antes que estava com vontade e voltar. Me senti importante quando meu empresário falou do Vasco. É um projeto que queria seguir, voltar para o Brasil. Consegui assistir o jogo de segunda-feira e fiquei apaixonado pela torcida. Vou fazer o melhor trabalho possível para dar alegria aos torcedores - afirmou o novo reforço do Vasco durante a sua apresentação na noite desta terça-feira, afirmando também que já treinará com o elenco no CT das Vargens na tarde desta quarta, em seu primeiro contato com os novos companheiros.

Formado nas categorias de base do River Plate, da Argentina, Maxi López ficou na equipe até 2005, quando se destacou e acabou sendo vendido para o Barcelona, quando atuou ao lado do brasileiro Ronaldinho Gaúcho e de seu compatriota Lionel Messi. Na última temporada, vestindo as cores da Udinese, entrou em campo 29 vezes e fez seis gols. Depois de desembarcar no Rio e assinar o contrato, o Vasco deseja apresentá-lo aos torcedores no campo antes do jogo contra o Bahia, pela Copa do Brasil, que ocorre na noite do mesmo dia.

Vale lembrar que a posição de centroavante, a de origem de Maxi López, aos 34 anos e sem atuar desde maio precisando passar por recondicionamento físico, é a considerada de maior carência no Vasco, que vinha treinando com Evander de maneira improvisada até a renovação de Andrés Rios, também argentino - ele será o terceiro hermano do elenco, que também conta com o volante Leandro Desábato. La Barbie irá vestir a camisa 11 - ele ganhou este apelido na Argentina enquanto defendia o River Plate por conta dos longos cabelos loiros e dos olhos azuis, carregando o apelido durante toda a carreira.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »