Maxi fala sobre rivais na tabela, referência em campo e outros assuntos

Maxi falou sobre os rivais do Vasco na tabela, referência em campo, carinho da torcida e outros assuntos durante entrevista.

De olho nos rivais

- Vi ontem e durante todo o final de semana os jogos, e tiveram muitas partidas estranhas. Pensei que o São Paulo fosse ganhar fácil. Agora, o Ceará vai tentar entrar na zona de classificação da Sul-Americana.

Referência em campo

- Tenho uma visão bonita, gosto de ser referência para o time, é uma responsabilidade que eu gosto. Dentro de campo dou meu máximo para ajudar o time e meus companheiros.

Carinho da torcida

- Isso deixa a gente feliz. Aqui encontrei meu lugar, até da pra ver em campo quando o jogador está feliz e está bem. Desde cheguei sempre demostrei dentro de campo.

Balanço do ano

- Acho que não é o momento de fazer balanço. Vamos fazer balanço, quando acabar o ano acabar, que é quando podemos pensar melhor e planejar o que vem. Podemos falar do próximo jogo do ano, que é contra o Ceará. É a nossa última batalha.

Final da Libertadores

- Muito triste e muito ruim. Falei com meus amigos e minha família. É um momento que apesar dos times estarem bem, ficou à mostra muita coisa feia. No final fica prejudicado o jogador, o torcedor, todo mundo. Em 2004, quando jogamos a semifinal contra o Boca, não ficou nenhum vidro do ônibus, mas a gente jogou lá. Essas coisas infelizmente na Argentina acontecem.

Leia mais sobre: Vasco x Ceará, Maxi López

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »