Mauro Cezar critica trabalho de Ricardo Sá Pinto e afirma: ‘Time é uma bagunça’

O jornalista Mauro Cezar Pereira afirmou que o trabalho de Ricardo Sá Pinto no Vasco da Gama não é bom e criticou o time vascaíno.

Mauro Cezar
Mauro Cezar (Foto: Reprodução ESPN)

O Vasco empatou o clássico diante do Fluminense no último domingo com um gol já no final da partida, marcado pelo centroavante argentino German Cano, mas segue na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro e ainda sem conseguir mostrar um futebol que indique uma mudança no rendimento em campo.

No podcast Posse de Bola #82, Mauro Cezar Pereira afirma que o gol do empate vascaíno foi um castigo ao Fluminense dirigido por Marcão, que recuou a equipe quando ganhava de 1 a 0, mas ressalta que o trabalho do português Ricardo Sá Pinto no time de São Januário não é bom.

“Achei que foi até justo porque foi um castigo merecido para o Fluminense, o Marcão recuou o time no segundo tempo para defender o 1 a 0, o Vasco totalmente desorganizado, atacando de forma tresloucada, só na vontade e acabou arrumando o gol, um gol até curioso, um chute do Gil, a bola vai na direção da área, o Cano intercepta meio que dominando e já faz o gol, todos os méritos para o atacante que aproveitou e transformou aquilo em uma chance, porque não foi um passe, foi uma bola chutada no bolo, como o Vasco fez várias vezes”, diz Mauro Cezar.

“Aliás, o trabalho do Ricardo Sá Pinto é muito ruim, porque o Vasco tem um elenco fraco e o time é uma bagunça, o time podia ser um time mais organizado, mais arrumado e tal, com uma estratégia, não, é um ‘vamos que vamos’, ele gritando na beira do campo ali com aquele fardamento de jogador que ele usa e ‘vamos que vamos’, não tem conteúdo o jogo do time do Vasco, já deu tempo de colocar alguma coisa ali e ele não conseguiu até agora, então acho que acabou sendo um castigo merecido”, completa.

O jornalista cita a luta do Vasco para fugir do rebaixamento e lembra que, apesar de o time cruzmaltino ter um jogo a menos, a partida é contra o Palmeiras em São Paulo, o que também não dá uma garantia de vitória nas condições atuais dos dois times.

“O Vasco continua três pontos atrás do Bahia, que é o primeiro fora da zona de rebaixamento, o último aliás, está na fronteira, e tem um jogo a menos, só que o jogo a menos é contra o Palmeiras, aí vai depender também de como é que vai estar o Palmeiras até lá. Se fosse hoje, por exemplo, jogando aquilo que joga, qual a chance do Vasco contra o Palmeiras? Não é grande, é em São Paulo o jogo”, conclui.

Fonte: Uol

Leia mais sobreMauro Cezar
4 comentários
  • Paulo Roberto - 17 de dezembro de 2020

    Perfeita a análise do Carlos Augusto de Miranda

    Responder
  • Tó Zé - 16 de dezembro de 2020

    Esses pitacos,a torcida já sabe,time ruim, técnico fraco, administração inapta.
    Porque não aproveita e indica soluções, isso não dá Ibope, é mais fácil criticar apontar o técnico é burro,numa alusão a nacionalidade portuguesa,isso é xenofobia,me indique um técnico que faça milagres sem recursos,um time sem compromisso sem objetivo,sem sangue,mal pagos, dirigentes preocupados com seus próprios interesses.
    A bem da verdade as vezes é melhor ficar calado do que dar pitacos só para aparecer

    Responder
  • CARLOS AUGUSTO DE MIRANDA HENRIQUE - 16 de dezembro de 2020

    Concordo, o time é fraco, o treinador mais ainda, mas a situação do vasco na competição vai além disso, Pois o time do vasco não é pior do que os times de: sport, fortaleza, ceara, atlético paranaense, fluminense, porem este time não estão passando o que o vasco passa. A década que nosso time se apequena, os adversários, não tem mais medo de jogar com vasco seja em São Januário ou em seus domínios. Nosso time a cada ano se apequena mais, Jogadores ruins, treinadores baratos ou tentando ser afirmar no mercado, uma diretoria amadora, vivendo do passado. Enfim a única coisa que nosso Vasco tem ainda e Sua Gloriosa camisa e nos torcedores apaixonados pelo nosso time, que infelizmente não disputa mais nada para ser campeão, nossa briga é pelo rebaixamento.
    Que Deus ilumine você Levin, pois é a esperança no fim do túnel escuro que estamos vivendo a décadas.

    Responder
  • Carlos Galvão Penedo - 16 de dezembro de 2020

    Eu sempre achei que Mauro é contra o Vasco, por ele ser Flamengo,mas chego a conclusão que ele mete o pau e tem razão. O técnico é fraco,time fraco,tem medo de tirar o Castan, e o Ricardo Graça e o Andrei não podem sair do time

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
1 de dezembro de 2021
STJD detalha punição ao Vasco por objetos arremessados em São Januário

O Vasco da Gama recebeu uma multa de R$ 5 mil devido aos objetos arremessados pelos torcedores na derrota para o CSA.

Alexandre Mattos cita demora em contato como motivo de não acerto com o Vasco

O diretor executivo Alexandre Mattos ainda negou que o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, tenha o perguntado sobre a carreira.

Confira a escalação do Vasco contra o LGD/Karanba pelo Carioca Feminino Sub-18

Veja a escalação do Vasco da Gama para o jogo contra o LGD/Karanba pelo Campeonato Carioca Feminino Sub-18.

Carol Paiffer assina documento de sigilo e se reunirá com o Vasco nesta quinta-feira

A investidora Carol Paiffer se reunirá com o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, além do CEO Luiz Mello, nesta quinta-feira.

Eduardo Freeland confirma sondagem do Vasco, mas seguirá no Botafogo

O diretor executivo do Botafogo, Eduardo Freeland, disse que houve uma conversa de presidentes, mas que seguirá no projeto botafoguense.

Torcedor adiciona canguru em plano de sócio do Vasco

Gabriel Cavera, torcedor vascaíno que mora na Austrália, adicionou um canguru ao plano de sócio animal do Vasco da Gama.

Mesmo na Série B, Vasco segue entre os preferidos de investidores árabes

O Vasco da Gama figura ‘lista’ de preferência de bilionários árabes que querem investir no futebol brasileiro.

Zé Ricardo comandou o Vasco em momento conturbado entre 2017 e 2018

O técnico Zé Ricardo comandou o Vasco da Gama em um dos momentos mais turbulentos da história do Clube entre 2017 e 2018.

Vasco enfrenta o LGD/Karanba nesta quarta pelo Carioca Feminino Sub-18

Vasco da Gama e LGD/Karanba se enfrentarão nesta quarta-feira em jogo válido pelo Campeonato Carioca Feminino Sub-18.

São Januário e Sede Administrativa do Vasco amanhecem com faixas de protesto

Nesta quarta-feira o entorno do Estádio de São Januário e a Sede Administrativa do Vasco da Gama amanheceram com faixas de protesto.

Veja mais notícias