Martín Benítez exalta história do Vasco ao desembarcar no Rio

O novo reforço do Vasco da Gama, Martín Benítez, exaltou a história do Clube ao desembarcar no Rio de Janeiro nesta quinta.

Ele chegou. O meia-atacante Martin Benítez desembarcou no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, no início da tarde desta quinta-feira para ser, oficialmente, reforço do Vasco. O argentino de 25 anos chega por empréstimo junto ao Independiente (ARG) até dezembro, com opção de compra ao fim do vínculo. Ele vai passar por exames médicos e assinar antrs de ser anunciado. Mas já exaltou a história vascaína.

- Expectativa é muito linda. É um grande clube, com muita história. Espero ter um grande ano com todos juntos. É a primeira vez que saio do Independiente. Tenho muita expectativa, espera que tudo saia da melhor maneira e que eu possa dar o meu melhor. Escolhi o clube pela história, pela torcida. É um time muito, muito grande. Na verdade estou muito contente de chegar ao Vasco. Sei que posso dar muito ao Vasco. Tomara que eu consiga entregar-me a 100% e estar no meu melhor nível para ajudar a equipe e para que o Vasco esteja no lugar que deve estar - disse.

A recepção a Benítez foi tranquila. Diferentemente do que ocorreu com Germán Cano, reforço anterior para esta temporada, não havia torcedores no Aeroporto Internacional à espera do jogador. A missão, agora, será preencher a lacuna criativa do time de Abel Braga. Ele será o terceiro estrangeiro do elenco, ao lado do compatriota Cano e do colombiano Fredy Guarín.

- Na Argentina, não passa muito o futebol brasileiro, mas sei que as torcidas apoiam muito. Com Germán não pude falar, sei o grande jogador que é e sei a equipe que tem o Vasco. Por isso também a decisão de vir para cá - afirmou, dizendo também que está pronto para atuar:

- Primeiro tenho que fazer os exames, que saia tudo bem. Sim, já estou à disposição, com muita vontade. Tratar de ficar pronto para me colocar à disposição do treinador. Para sábado (contra Resende) é difícil porque ainda tenho que fazer os exames. Quem sabe para quinta-feira (contra o ABC, pela Copa do Brasil) - completou.

O Vasco contratou Benítez por um empréstimo, em tese, sem custos (arcando somente com o salário). Contudo, o diretor executivo de futebol do Cruz-Maltino, André Mazzuco, salientou, na ultima quarta-feira, que o jogador fez "um grande esforço" para defender a Cruz de Malta, dando a entender que ele pode ter aberto mão de valores devidos pelo clube argentino para mudar de ares.

Martín Benítez no desembarque

- Foi um grande 2017, o Independiente pode se consagrar campeão no Maracanã. Em 2018 também, fomos muito bem na Libertadores e caímos nas quartas de final contra o River Plate. Essa será a versão de Martín Benítez. Tratar de dar muito jogo aos companheiros e ao equipe. Tratar de fazer dar assistências. Se fizer gols, muito melhor.

Aos 25 anos, Martín Benítez vestiu apenas a camisa do Independiente. Apesar de ainda ser relativamente novo, ele iniciou em 2020 sua 10ª temporada com elenco profissional do clube argentino. A estreia no time principal foi aos 17 anos. Ele soma 203 jogos, 31 gols e 24 assistências e conquistou os títulos da Sul-Americana (2017) e a Copa Suruga (2018).

Benítez perdeu espaço no time e desde que Lucas Pusineri assumiu o comando técnico do time, no final de dezembro, ele só foi titular contra o Fortaleza, pela Copa Sul-Americana, no último dia 13, quando atuou por 71 minutos. Na ocasião, ele saiu vaiado de campo.

Leia mais sobre: Futebol, Martín Benítez

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »