Mais Vasco e Sempre Vasco cogitam boicotar a eleição do Vasco

As chapas Mais Vasco e Sempre Vasco cogitam boicotar a eleição do Vasco da Gama, que está acontecendo neste sábado.

Avatar
Por França Fernandes
-  7 de novembro de 2020 às 10:35-  Atualizada em 7 de novembro de 2020 às 10:35
Julio Brant e Jorge Salgado se reuniram (Foto: Globo Esporte)

Com a eleição presidencial confirmada apenas na noite anterior, e de forma presencial, a “Mais Vasco” e a “Sempre Vasco” chegaram a discutir um possível boicote ao pleito. Porém, a ideia não foi à frente e as chapas compareceram a São Januário neste sábado (7).

A eleição acontece após a queda de uma liminar judicial, que determinava que a escolha do novo mandatário acontecesse no dia 14, com votação on-line.

“Mais Vasco”, encabeçada por Jorge Salgado, e “Sempre Vasco”, de Julio Brant, se mostraram contra a realização da eleição e, inclusive, recorreram da decisão do desembargador Camilo Ribeiro Ruliére, divulgada no fim da noite de ontem.

Colocou-se à mesa, então, se a participação no pleito não seria uma forma de corroborar com algo que não concordam. No fim, porém, prevaleceu a ideia de “ir para o jogo”, levando-se em conta que o evento ocorre após decisão judicial.

Além de Jorge Salgado e Julio Brant, concorrem Alexandre Campello, pela chapa “No Rumo Certo”, Leven Siano, pela “Somamos”, e Sérgio Frias, pela “Aqui é Vasco”.

Fonte: Uol