Luxemburgo escalará o oitavo ataque diferente em 10 jogos pelo Vasco

Vanderlei Luxemburgo mudou novamente e escalará a oitava formação de ataque diferente no Vasco para o jogo contra o Goiás.

Vanderlei Luxemburgo vai mudar de novo o ataque do Vasco. Contra o Goiás, domingo, disputará a décima partida oficial à frente do time da Colina e sinalizou no treino de ontem que escalará uma nova formação ofensiva: Yago Pikachu deve atuar aberto pela direita, no lugar de Bruno César.

A alteração é sintomática: a equipe tem o quarto pior ataque do Brasileiro, com 12 gols em 13 jogos, mais eficiente apenas que os de Cruzeiro, CSA e Avaí. Sem reforços para o setor, o que resta para o técnico é mexer as peças que tem à disposição na esperança de que, uma hora, o encaixe apareça.

Por enquanto, ele é apenas um desejo. A próxima tentativa será com Yago Pikachu na direita, Marrony na esquerda e Talles Magno centralizado. Se confirmada, será a oitava formação diferente na linha de frente desde que assumiu.

O desempenho individual tem sido bem aquém do esperado. Em nove partidas, apenas dois gols foram marcados por atacantes: um de Tiago Reis, outro de Marrony. Os dois, ao lado de Rossi, formam o trio que Luxemburgo sinalizou que poderia se firmar. Atuaram juntos em três partidas seguidas, na derrota para o Botafogo e nas vitórias sobre Internacional e Ceará. Mesmo com o saldo positivo, foi desfeito.

Quem mais jogou nessa eterna ciranda foi Marrony. Ele esteve em oito das nove partidas da equipe sob o comando do treinador. Apesar da má fase, segue prestigiado. O fato de atuar aberto e centralizado o favorece:

— Na base já joguei de 9, mas sou ponta de origem. Onde eu jogar, vou correr.

Luxemburgo muda o ataque do Vasco novamente

Vaquinha para ajudar escola em greve

Torcedores do Vasco criaram uma vaquinha virtual para ajudar no pagamento das dívidas do clube com os professores do Colégio Vasco da Gama. Eles fizeram greve e não retomaram as aulas do ano letivo por causa dos três meses de salários atrasados.

A meta é arrecadar R$ 70 mil para a quitação dos vencimentos pendentes e, caso haja sobras, ela será destinada à realização de melhorias na estrutura do colégio. Até ontem, pouco mais de R$ 15 mil tinham sido arrecadados no site “kickante.com.br”.

Grupos políticos do clube assumiram a autoria da ideia e se vincularam à iniciativa, tais como “Guardiões da Colina”, “Vascomed”, “Confraria”, “Vascão Gigante”, entre outros. Caso o presidente Alexandre Campello não aceite o repasse, a ideia dos torcedores é fazer o pagamento aos professores via sindicato. Se não houver problema, a ideia é disponibilizar o dinheiro arrecadado em espécie para o clube, com o intuito de evitar penhoras.

Leia mais sobre: Vasco x Goiás, Vanderlei Luxemburgo

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »