Luxemburgo destaca evolução do Vasco, mas cobra posse de bola ao time

Técnico do Vasco da Gama, Vanderlei Luxemburgo destacou a evolução do time e cobrou mais posse de bola dos jogadores.

Altair Alves
Por Altair Alves
-  26 de janeiro de 2021 às 23:55-  Atualizada em 27 de janeiro de 2021 às 00:34
Vanderlei Luxemburgo durante o jogo contra o Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)

Mesmo com um ponto importante conquistado fora de casa, o técnico Vanderlei Luxemburgo adotou um tom de cobrança na coletiva após o empate do Vasco da Gama em 1×1 com o Palmeiras, em partida atrasada da primeira rodada do Campeonato Brasileiro, disputada na noite desta terça-feira (26).

O comandante vascaíno falou sobre os jogadores terem confiança para desempenharem as funções dentro de campo e exigiu que a equipe consiga tocar mais a bola.

É a confiança. Falei com Fernando Miguel que não precisa sair dando chutão. É uma característica que quero. Quem me conhece sabe que gosto que a minha equipe jogue futebol. Hoje dei um esporro no (Léo) Gil, que roubou a bola e tocou para trás. Quando a gente rouba a bola temos que jogar para frente.

O treinador do Gigante, no entanto enalteceu a visível evolução do time desde a sua chegada ao comando técnico e disse que o momento é de conseguir pontos.

– Você não consegue ter regularidade com 12 jogos. Nós temos é que conseguir jogar e conseguir os pontos para manter o Vasco na primeira divisão. Eu acho que, se você pegar do meu primeiro jogo até hoje, nós já evoluímos demais. Temos um time jogando com qualidade, jogadores entrando em campo e correspondendo.

O Vasco tem agora tem pela frente o chamado confronto de seis pontos contra o Bahia. O duelo, pela 33ª rodada do Brasileiro, será disputado neste domingo (31), às 16h, em São Januário.