Luxemburgo comemora vitória contra o Fortaleza e exalta talento de Talles

O técnico Vanderlei Luxemburgo destacou a vitória do Vasco da Gama contra o Fortaleza e elogiou o latento de Talles Magno.

A vitória vascaína diante do Fortaleza, neste domingo (13/10), em São Januário, foi muito valorizada pelo técnico Vanderlei Luxemburgo. O comandante do Cruzmaltino falou sobre o desempenho do time diante da equipe cearense e ressaltou a importância de obter o resultado diante do um adversário direto, já que antes do confronto, ambos estavam com a mesma pontuação na tabela.

- Vitória foi fundamental, porque é contra um adversário direto. Eu não trabalho momento, mas a competição. Se analisar, quando estávamos jogando contra o Avaí, eu tinha só dois pontos. Neste turno, somei cinco pontos. Estou começando o segundo turno melhor do que estávamos nesta fase do primeiro - disse o treinador, antes de comentar a escolha por Pikachu na cobrança do pênalti:

- Pikachu perdeu pênalti. Dei uma descansada nele para descansar a cabeça. Ele treina. O Roberto Dinamite e o Zico treinavam também, e perderam. Todo mundo pode perder. Não me assusto por isso. Só dei uma relaxada porque, se não, fica marcado demais. Hoje ele cobrou e converteu. Foi decisivo.

Vanderlei Luxemburgo, técnico do Vasco

Luxemburgo ainda valorizou mais uma atuação do menino Talles Magno, de apenas 17 anos, que foi importante em mais uma vitória do Vasco e deu uma linda lambreta, que foi parada com falta e ocasionou a expulsão do lateral adversário:

- Futebol brasileiro não é robô, não é esquema tático. Se dá ênfase a isso e esquece que o que o Talles fez hoje foi o futebol brasileiro. Ele não fez (lambreta) de palhaçada: ele tirou um jogador do adversário. Fiquei feliz hoje porque vi um jogador fazer a arte de jogar futebol do Brasil. E nós estamos acabando com isso. Esquecemos de buscar a essência do futebol brasileiro, ter algo para criar.

Leia mais sobre: Vasco x Fortaleza, Vanderlei Luxemburgo

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »