Luizão não esconde amor pelo Vasco e lamenta saída litigiosa do Clube

Luizão, campeão da Libertadores pelo Vasco da Gama, falou sobre seu amor pelo Gigante da Colina, e da saída do Clube.

A conquista da Libertadores pelo Vasco da Gama no ano do seu centenário, 1998, está em pauta no noticiário vascaíno nesta semana. Motivo: reprise da final da compeitcão pela TV Globo, neste domingo às 16h.

Um dos destaques daquele elenco campeão, o atacante Luizão falou em entrevista ao Globo Esporte sobre sua passagem pelo Clube de São Januário, destacando os gols marcados com a Cruz de Malta no peito.

- Jogar no Vasco foi uma bênção de Deus. Fui abençoado de chegar no ano do centenário. Quando me contratou, o Eurico falou que eu tinha que fazer gols na Libertadores. Cheguei e fiz os gols. Fiz os gols nas finais, contra o Grêmio, contra o Chivas.

Luizão, que posteriormente foi campeão da Libertadores pelo São Paulo, falou da importância do título continental pelo Vasco na sua carreira.

- Foi onde começou a minha história na Libertadores, isso é magnífico. É uma coisa incrível poder ter ganho a Libertadores, o título mais importante da história do Vasco, e ainda mais no ano do centenário.

Luizão em ação pelo Vasco

O ex-vascaíno não escondeu seu amor pelo Gigante da Colina, falou sobre o convívio com profissionais do Clube e comentou a saída litigiosa após desentendimento com o então presidente Eurico Miranda.

- Eu amo o Vasco mesmo. As pessoas acham que você tem que ficar se declarando todo dia. O Vasco foi um dos clubes mais gostosos em que joguei. O ambiente, como as pessoas te tratavam desde o porteiro, roupeiro ao massagista. Eu sou muito ligado nisso, e a gente tinha uma família. Era muito gostoso. Naquela época era muito difícil um paulista chegar no Rio de Janeiro e conquistar o carinho da torcida. Até hoje a torcida me manda mensagem. A minha passagem durou um ano e quatro meses. Saí porque o Eurico não me pagou, me mandou entrar na Justiça. Fiquei 10 meses sem receber. É uma tristeza um cara que foi eleito o melhor jogador do clube no centenário ter que sair por causa de uma pessoa, ainda mais depois de tudo que fiz no Vasco. Às vezes algumas pessoas tentam apagar sua história no clube, mas eu sou muito grato ao Vasco e a essa torcida maravilhosa, que respeito tanto.

Luizão defendeu o Vasco por 1 ano e 4 meses e marcou 38 gols em 71 jogos pelo Clube. Ele também foi campeão da Copa do Mundo em 2002 pela Seleção Brasileira, e defendeu outros grande clubes do Brasil.

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »