Lucão se mostra indignado com o Carrefour após morte de homem negro: ‘Tô cansado’

O goleiro do Vasco iro do Vasco da Gama, Lucão, respondeu à nota oficial publicada pelo Carrefour sobre a morte de um homem negro.

Por Willams Meneses
-  20 de novembro de 2020 às 16:20-  Atualizada em 20 de novembro de 2020 às 19:30
Goleiro Lucão no treino do Vasco

Na noite da última quinta-feira (19) aconteceu triste e revoltante episódio ocorrido num supermercado do Carrefour, em Porto Alegre, fez com que o Dia da Consciência Negra, nesta sexta-feira (20), ganhasse mais importância do que o de costume.

Um homem negro chamado João Alberto Silveira Freitas, conhecido como Beto, de 40 anos, foi espancado e morto por seguranças do supermercado, caso que está gerando bastante revolta do público, destaque para as redes sociais, onde estão acontecendo manifestações de repúdio.

Um dos comentários foi do goleiro do Vasco da Gama, Lucão, que também é negro. Na nota oficial sobre o episódio publicada pelo Carrefour no Twitter, o arqueiro vascaíno se mostrou indignado com a rede de supermercado e disparou xingamento contra eles.

– Vocês sempre com essas notas de merda… Tô cansado disso, toda vez é o mesmo discurso. Vão se f*der c*ralho.

Lucão se manifesta sobre nota do Carrefour
Lucão se manifesta sobre nota do Carrefour (Foto: Reprodução)

Formado nas categorias de base do Vasco, Lucão, de apenas 19 anos, tem com ele as raízes da luta contra o racismo, o que se trata de um orgulho do Clube. Mais Cedo, o próprio Gigante se manifestou nas redes sociais sobre o caso, pedindo Justiça para Beto.