Líderes de organizadas do Rio se reúnem por acordo de paz

Líderes das torcidas organizadas do Rio de Janeiro se reuniram para tentar um acordo de paz e diminuição da violência.

Um movimento pela paz. Assim foi definido o encontro realizado entre alguns líderes das principais torcidas organizadas do Rio de Janeiro. A reunião foi para fundar a 'União das Torcidas Organizadas', uma iniciativa para acabar com a violência entre os torcedores, chaga que já dura décadas e vitimou dezenas de pessoas.

"Tem muita gente morrendo por isso. É só guerra. A União das Torcidas Organizadas veio para acabar essa guerra. Vai existir união, paz e amor. Nossa intenção é que o torcedor possa levar os filhos aos estádios sem problema nenhum. Isso é bom também para o clube, já que a violência os atinge", disse Edson Freire, líder do movimento. Estiveram presentes no encontro representantes da Raça Rubro-Negra, Torcida Jovem do Flamengo, Young Flu, Força Flu, Força Jovem do Vasco, Ira Jovem do Vasco, Fúria Jovem do Botafogo e Torcida Jovem do Botafogo. Também assinaram a fundação da União a Resistência Popular Alvinegra, Vasguaçu, Dinossauros do Vasco, Garra Tricolor, Fiel Tricolor.

Algumas das maiores organizadas do Rio de Janeiro estão atualmente suspensas dos estádios, como a Torcida Jovem do Flamengo e a Força Jovem do Vasco. Elas só poderão voltar a frequentar os eventos esportivos no ano que vem. Internamente, há a tentativa dos membros mais antigos de resgatarem os valores fundadores das torcidas, evitando as brigas contra grupos rivais.

Reunião de organizadas do Rio

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »