Leven Siano esclarece recuo de Yaya Touré e reafirma: 'Não é o único'

O candidato à presidência do Vasco da Gama, Leven Siano, garantiu que está conversando com outros jogadores para o Clube.

Em participação em live do canal Pilhado, no Youtube, na noite da última quarta-feira (27), o candidato à presidência do Vasco da Gama, Leven Siano, esclareceu sobre o recuo do meio-campista Yaya Touré no acordo para jogar no Gigante em 2021 caso ele vencesse a eleição.

- A tristeza dos vascaínos é a mesma que a minha. Eu apostei nessa possibilidade de a gente ter o Yaya aqui conosco, mas eu não posso obrigar o cara a vir. Tudo que estava ao meu alcance eu fiz. Procurei um canal direto com o Yaya, a cho que a gente conseguiu fazer com que ele efetivamente assinasse um compromisso conosco, um contrato, que não posso mostrar ao público porque tem clásula de confidencialidade, dei garantia pessoal com o meu próprio patrimônio particular para deixá-lo seguro em relação ao cumprimento do contrato, mas aconteceu dele me informar que ele não queria mais vir ao Brasil. A família estava com muita insegurança em fundação das notcías que recebem da cidade por não ser muito seguro, o País não ser muito seguro ainda, eles moram em Londres, tê uma qualidade de vida, transporte público, coisas que nós infelizmente ainda não temos de alto nível como existe na Inglaterra. A gente tentou e ele possivelmente queria vir, estava muito feliz, mas a família convenceu ele de que não seria um projeto bom para ele como família, como pessoal, talvez em termos profissionais fosse ótimo, mas como pessoa era complicado.

Leven Siano ainda completou contando mais alguns detalhes de como chegou ao acordo com Yaya Touré, que agora foi desfeito, e reafirmou que o marfinense não era o único e que está conversando com outros jogadores internacionais. O candidato, no entanto, mostrou que será mais cauteloso em relação ao próximo anúncio.

- É importante o vascaíno entender, eu sei que dá um desânimo, mas nosso projeto é muito mais que um jogador. Primeiro, que esse não é o único jogador internacional que a gente está falando, nós estamos falando com outros, e no momento certo que as coisas acontecerem nós vamos anunciar porque aço questão de ser transparente. Futebol é parte do projeto, não é só de reestruturação é de ter um time competitivo também. A medida que formos queimando etapas na concepção desse projeto, que nós tivermos atletas que não estão comprometidos com outros clubes, como é o caso do Yaya, que gostam de divulgar que estão dentro do projeto, nós vamos dizer. Agora, eu acho muito equivocado as pessoas crucificarem a pessoa que está tentando alguma coisa. Vai ter hora que a gente vai acertar, e vai ter outra que não vamos. Não é por nossa vontade. Tudo o que poderia fazer eu fiz. Coloquei R$ 15 milhões do meu patrimônio pessoal para dar segurança financeira ao atleta. Em momento nenhum o atleta disse que viria porque estava com medo de não receber, porque o projeto não era bom, porque o Vasco era uma instituição que ele não queria jogar. Não. Ele deixou muito claro que não iria vir por questões pessoais, e aí a gente não iria pegar o cara pelo braço e trazer para cá.

Leven Siano garante que está conversando com outros jogadores

A  surpreendente desfeita no acordo dividiu opiniões na torcida. De um lado, vascaínos se mostraram compreensivos com as razões que levaram Yaya Touré a recuar, e entenderam que não foi culpa de Leven Siano, e de outro, muitos criticaram o candidato pelo anuncio precoce e colocaram em dúvida a sua credibilidade após o episódio.

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas, Leven Siano

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »