Leandro Castan se diz insatisfeito por ainda não vencer pelo Vasco

O zagueiro Leandro Castan se mostrou muito insatisfeito por ainda não ter vencido com a camisa do Vasco da Gama.

Desde que foi repatriado pelo Vasco, Leandro Castán esteve em campo três vezes com a camisa do time de São Januário, mas ainda não conseguiu sair com a vitória de campo. Em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira, o zagueiro deixou (bastante) claro que isso o tem incomodado.

- Eu fico puto, cara. Essa é a verdade. Não gosto de perder nem no treino. Isso me incomoda. Foi bom você falar isso. Isso me incomoda. Vim para cá para vencer jogos e não vejo a hora de vencer o primeiro.

O pouco tempo em campo - causado por uma luxação no ombro direito e fratura na mão esquerda que o tirou por cerca de três semanas do elenco - não amenizam o incômodo. Irritado com a falta de vitórias, Castán analisou que o time tem jogado bem com a chegada de Valentim. Para ele, porém, não basta mais jogar bem e está na hora de os resultados aparecerem.

- Temos conversado para passar confiança para todos. Entender que jogamos bem e o que falta é vencer. Chegou o momento de não só jogar bem. Procurar passar tranquilidade para os mais jovens, porque é um momento delicado. São 14 jogos. Buscamos a vitória contra o Flamengo. Não tem o que fazer. Tem de trabalhar. O que temos de fazer é erguer a cabeça e correr para caramba.

Outras respostas de Castán

Jogo contra o Bahia

É mais uma final. Quando o Valentim chegou, disse que estávamos entrando para a guerra. É um jogo difícil. Temos de encostar neles. Tenho certeza que a torcida vai nos ajudar, como tem sido.

Pensamento no fim do campeonato

Na minha cabeça, eu não penso na última rodada do campeonato. Sei o peso dessa camisa, o quanto é difícil jogar contra o Vasco. O Vasco tem de entrar para vencer. Tem de ser assim, onde for. Jogo após jogo.

São Januário e apoio da torcida

Jogar em São Januário não atrapalha. Quero jogar sempre ao lado do meu torcedor. Não tem relacionamento conturbado. Sabemos que os últimos resultados não foram bons. A torcida nos cobrou, entendemos e estamos buscando o resultado. (...) O torcedor pode acreditar que vamos sair dessa situação. Ele é muito importante nesse momento.

Clássico no último sábado

A performance contra o Flamengo traz confiança. Não adiantou muito porque não conseguimos a vitória. Time está trabalhando pra caramba.

Maxi López

O Maxi esconde a bola. É o clássico camisa 9. É muito difícil jogar contra ele, ainda bem que estou do lado dele.

Leia mais sobre: Leandro Castan

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »