Juninho também foi alvo de insultos raciais na Bolívia

O volante do Vasco da Gama, Juninho, assim com o Alexander, sofreu com o racismo de bolivianos no estádio Ramón Tahuichi.

O jogo da última quarta-feira (19) entre Vasco da Gama e Oriente Petrolero, da Bolívia, ficou marcada por um triste episódio. Alguns bolivianos que estavam no estádio Ramón Tahuichi fizeram insultos raciais contra jogadores do Cruzmaltino.

Segundo divulgou o Twitter Somos Vasco da Gama, os insultos raciais começaram com o volante Juninho, o que revoltou os jogadores vascaínos e rendeu um cartão amarelo ao zagueiro Ricardo Graça. O goleiro Alexander também se manifestou e foi outra vítima de racismo.

- Juninho também foi vítima de racismo na Bolívia. Os insultos iniciaram contra ele. Ricardo se revoltou e avisou ao juiz, levando cartão amarelo. Alexander também tentou avisar ao juiz e acabou sendo outra vítima.

Diante do triste episódio, o Vasco, que tem em a sua história marcada pela luta contra o racismo, se manifestou em rede social lamentando o ocorrido na Bolívia. Sobre a partida, o Cruzmaltino se classificou à 2ª fase com o empate em 0x0 com o Oriente Petrolero.

Juninho também foi vítima de insultos raciais na Bolívia

Leia mais sobre: Vasco x Oriente Petrolero, Notícias Exclusivas, Sul-Americana

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »