Jornalista revela detalhes do possível retorno de Souza ao Vasco

O volante Souza, do Al-Ahli-KSA, está interessado em retornar ao Vasco da Gama, e conversas para empréstimo foram iniciadas.

Souza quer retornar. Ainda não há negociação concreta, mas é uma vontade do jogador e do clube. A questão é que o Vasco, atualmente, não tem recursos para viabilizar o empréstimo, visto toda a situação financeira. Mas conversas iniciais aconteceram e vontade não falta.

O plano seria se recuperar e jogar um curto período no Vasco. Souza tem um excelente salário na Arábia e tenta convencer o Al-Ahli sobre essa ideia, ainda prematura, de retornar ao clube que o revelou. Aguardemos.

Para frisar e destacar: NÃO HÁ NEGOCIAÇÃO CONCRETA. Existe sim uma vontade mútua, mas existe também uma série de fatores até a conclusão da ideia e que estão sendo discutidos com Souza, Vasco e Al-Ahli, novamente, de forma inicial.

Souza tem 30 anos e o contrato com o Al-Ahli vai até 30/06 de 2021. Ele está com uma lesão no púbis que o acompanha desde as categorias de base, mas resolveu parar para tratar definitivamente. Passou por uma cirurgia na França e deve voltar no fim de abril.

O empréstimo seria de 6 meses. Como disse, é um curto período para Souza se recuperar totalmente e matar a saudade ajudando seu clube de coração. A situação é essa. Nada além disso. Como disse, só resta aguardar.

Souza é atleta representado por Carlos Leite, empresário que tem abertura no Vasco, boa relação com a diretoria e tornaria a situação ainda mais viável.

Neste momento, o processo de convencimento passa pela boa vontade do Al-Ahli de emprestar o jogador e continuar pagando o salário de forma integral, sem que o Vasco tenha custos. Difícil, mas existe sim a possibilidade.

Souza não foi inscrito por conta da lesão e só poderia jogar na Arábia a partir da próxima temporada. Com isso, ele “mexe os pauzinhos” para ficar ao lado da família se recuperando e jogando no Vasco. A espera da resposta que ele postou em seu Instagram é a liberação do Al-Ahli.

A posição do Vasco é simples: aguardar a liberação sem custos (que é difícil) e conversar com Souza para que o acerto aconteça. O clube não tem condições de arcar nem com parte do salário do jogador. Mas vindo sem custos, seria como um presente.

Neste processo todo, enxergo uma coisa que há muito não se vê: amor ao clube. Lógico que existe uma série de fatores, como ficar mais próximo da família e na cidade que ele gosta. Mas o esforço, o carinho e a vontade de Souza mostram o quão Vasco ele é.

Souza pode estar de volta ao Vasco

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »