Jornalista pede homenagens do Vasco a Pelé após declaração; veja quais

O jornalista em questão pediu que o Vasco faça homenagens ao Rei Pelé após declaração reafirmando sua torcida pelo Clube.

A declaração de Pelé sobre Vasco da Gama, dada em entrevista ao jornalista Thiago Asmar, no canal Pilhado, no Youtube, no começo desta semana, está tendo uma grande repercussão na imprensa brasileira e mundial.

Marcado por sua grandiosa carreira no Santos e na Seleção Brasileira, Pelé, reafirmou o que já dito em outras oportunidades: é vascaíno sim senhor! O Rei do Futebol, inclusive, já teve uma rápida passagem pelo Vasco no início da carreira, em 1957, vestindo a camisa do Gigante da Colina em partidas no Maracanã.

Diante da repercussão, o jornalista Gilmar Ferreira, do Extra, solicitou que o Vasco faça homenagens a Pelé. Quais? Ele pediu que o Rei ganhe o título de sócio honorário, ganhe um busto na sala de troféus, com direito a uma grande solenidade em sua presença EM São Januário.

- PELÉ, UM VASCAÍNO PILHADO... A relação afetiva de Pelé com o Vasco é muito antiga, já se sabe, mas já que o “pilhado” Thiago Asmar o fez renovar o voto em recente entrevista fica a pergunta: o que a diretoria do Vasco está esperando para dar ao REI título de sócio honorário, com busto na sala de troféus e majestosa solenidade presencial? Porque como se não bastasse o lado torcedor do menino Dico, lá em Três Corações (MG), foi com a camisa do Vasco, aos 16 anos, que o adolescente Pelé chamou a atenção do técnico da seleção Sílvio Pirillo para a disputa da Copa Roca, contra a Argentina, no Maracanã, no dia 7 de julho de 1957 - um ano antes da Copa do Mundo na Suécia, e a três meses, portanto, de ele chegar aos 17 anos. Fora o fato de ter marcado seu milésimo gol numa partida contra o clube do coração, em 69. É impossível que um clube tão cheio de história como o Vasco, tão ligado à chegada dos negros ao futebol profissional, não tenha sido capaz de enxergar o valor sentimental que o maior símbolo se todos os tempos do futebol mundial agrega à sua marca.

Foi na breve passagem pelo Vasco que, inclusive, fez com que o Santos se encantasse por Pelé e abrisse caminho para ele na Seleção Brasileiro. A partir disso, o resto é história! Em 1958, o Rei começou a marcar seu nome na história com a conquista da Copa do Mundo, disputada na Suécia.

Nos anos seguintes da carreira, Pelé marcou de vez o seu nome na história como o Rei do Futebol, vencendo mais duas Copas do Mundo (1962 e 1970) pela Seleção Brasileira, e pelo magnífico desempenho no Santos, onde marcou mais de 1000 gols.

Pelé passou pelo Vasco em 1957

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »