Salgado e Leven comentam envio do processo da eleição do Vasco ao plenário do TJRJ

Candidatos à presidência do Vasco da Gama, Jorge Salgado e Leven Siano se vêem em meio a um conturbado processo eleitoral e também judicial.

Raphael Fernandes
Por Raphael Fernandes
-  1 de dezembro de 2020 às 21:25-  Atualizada em 1 de dezembro de 2020 às 21:26
Respectivamente, Jorge Salgado e Leven Siano
Respectivamente, Jorge Salgado e Leven Siano
data-full-width-responsive="true"

Após o desembargador Camilo Ribeiro Rulière, da 1ª Câmara Cível, ter enviado ao plenário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) a decisão sobre a eleição do Vasco da Gama, os dois protagonistas do ”embate” para se tornar presidente do Clube comentaram o novo capítulo do conturbado processo eleitoral.

Leven Siano, da chapa Somamos, que venceu o pleito presencial do dia 07 de novembro, celebrou o referido desdobramento judicial e fez questão de criticar seus opositores, a quem chama de ”golpistas”.

– O desembargador Camilo Rulière acabou de despachar (a decisão sobre o processo eleitoral). Não reconsiderou como requerido pelos golpistas, nem cogitou sobre o pedido esdrúxulo de outra eleição, mantendo a liminar que determinou eleição presencial dia 07/11 e pedindo data de julgamento para o colegiado. Vasco 3 x 0 Golpe – disse Leven.

Já Jorge Salgado, da chapa Mais Vasco, ganhador da eleição online realizada uma semana depois, isto é, em 14 de novembro, aproveitou para ironizar Leven Siano, que é advogado, e ressaltou a necessidade de que a situação se resolva com rapidez.

– Decisão importante do desembargador Camilo Rulière, que leva a julgamento o formato da eleição do Vasco. Para um bom e atento advogado, isso confirma que ninguém pode se autoproclamar presidente do Vasco. Ele também pediu que seja julgamento virtual, que é mais rápido. O Vasco precisa de celeridade – disse Salgado.

Vale lembrar que a atual diretoria do Vasco também entrou como parte interessada do processo, sugerindo, inclusive, um terceiro pleito, que aconteceria no dia 12 de dezembro.