Jorge Salgado critica eleição do dia 07 e acusa Leven Siano de violar urnas

Jorge Salgado criticou a eleição do Vasco da Gama, realizada no dia 07 de novembro, e acusou seu opositor, Leven Siano, de violar as urnas.

Avatar
Por Tauan Montalvão
-  14 de dezembro de 2020 às 14:39-  Atualizada em 14 de dezembro de 2020 às 15:53
Respectivamente, Jorge Salgado e Leven Siano
Respectivamente, Jorge Salgado e Leven Siano
data-full-width-responsive="true"

O candidato à presidência do Vasco da Gama, Jorge Salgado, comentou mais uma vez sobre o processo eleitoral do Clube.

Através da sua conta oficial no Twitter, Salgado criticou a eleição do dia 07 de novembro, a qual foi vencida por Leven Siano.

Jorge Salgado acusou o advogado marítimo de violar as urnas após a Justiça determinar a suspensão do pleito.

Estamos também no Youtube; inscreva-se!

 

– Depois de a Justiça suspender aquela eleição do dia 7, restando ainda duas horas de votação, as urnas foram lacradas, em comum acordo entre os candidatos. Novamente o candidato Leven descumpriu o acordo, e também uma ordem judicial, e violou as urnas.

Confira a publicação

Na próxima quinta-feira (17), a Justiça determinará qual dos candidatos presidirá o Gigante da Colina no próximo triênio. Leven Siano venceu a eleição do dia 07 de novembro, no formato presencial, e Jorge Salgado venceu a eleição do dia 14 de novembro, formato híbrida.