Jogo-treino reforça necessidade do Vasco por novo centroavante

O desempenho do Vasco da Gama no jogo-treino contra o Madureira mostra a necessidade de um novo centroavante para o time.

O Vasco ganhou, na última terça-feira, o amistoso contra o Madureira. Mas o andamento da partida que terminou em 3 a 0 apenas reforçou a necessidade que a equipe tem de um novo centroavante. A diretoria segue em busca de um substituto para Maxi López, que rescindiu judicialmente o contrato com o clube cruz-maltino.

Na partida em São Januário, Valdívia foi escalado na função de centroavante e teve bom aproveitamento: dois gols, um após cruzamento e outro num rebote. Contudo, trata-se de um meia.

E o baixo nível de dificuldade oferecido pelo Tricolor Suburbano é relevante para avaliar tanto o mérito pelos dois gols marcados quanto dos não marcados. Na segunda etapa, Tiago Reis e Ribamar atuaram, tiveram oportunidades, mas não as aproveitaram. Ainda há Vinícius Araújo no elenco, que não foi aproveitado.

O Vasco ainda encara o Rio Branco (ES), neste sábado. Oportunidade para os centroavantes que estão no grupo se aprimorarem; chance também para Valdívia se adaptar melhor à função - não foi a primeira vez que Luxemburgo o escalou por ali.

De todo modo, dentre os nomes oferecidos e os que efetivamente podem chegar, o Cruz-Maltino corre contra o tempo. O primeiro jogo na volta do Campeonato Brasileiro é contra o Grêmio, dia 13 de julho, em Porto Alegre (RS).

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »