Jogadores teriam se negado a realizar treinos virtuais no Vasco

A decisão dos jogadores, inclusive, teria deixado o diretor-técnico do Vasco, Antônio Lopes, desconfortável com a situação.

Se negaram?

De acordo com informação do jornalista Gilmar Ferreira, publicada no Blog Futebol, Coisa & Tal, do site Extra, os jogadores do Vasco da Gama teriam avisado que não iriam fazer treinos virtuais, modalidade que vem sendo adotado por diversos clubes.

O jornalista ainda contou que o presidente Alexandre Campello, junto com José Luiz Moreira, vice-presidente de futebol, estão tentando dialogar com os jogadores para reverter a situação, enquanto o diretor-técnico, Antônio Lopes, teria ficado desconfortável a 'insubordinação'.

Enquanto a situação não se resolve, os jogadores seguirão treinando em casa com a supervisão de profissionais particulares. O Vasco, por sua vez, teme que eles voltem às atividades com um desequilíbrio muscular, o que pode ser muito prejudicial para a sequência do trabalho.

A atitude dos jogadores acontece diante da questão dos salários atrasados. A grande maioria ainda não recebeu nenhuma quantia salarial referente à 2020, o que nesta quarta-feira (20) chega a 4 meses em atraso, situação que gera insatisfação no elenco e pode ocasionar em rescisões na Justiça.

Jogadores do Vasco teriam se negado a fazer treinos virtuais

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »