Jogadores lamentam falha de Sandro e exaltam trabalho de Doriva

Luan e Bernardo lamentaram o erro de Sandro Silva, que acabou no gol da vitória do Flamengo, na Arena da Amazônia.

Sem levar o "campeonato à parte", como é tratado o clássico com o Flamengo pelo presidente Eurico Miranda, o zagueiro Luan lamentou a falha do volante Sandro Silva, que num erro infantil, perdeu a bola que originou o gol da vitória do Rubro-Negro na noite desta quarta-feira, na Arena da Amazônia, em Manaus, pelo torneio Super Series.

"Futebol hoje em dia é muito detalhe. Os dois times fizeram um bom jogo, apesar de ser um início de temporada, mas nosso intuito era vencer, nossa camisa é muito forte e temos sempre que pensar na vitória. Uma bola que perde ali na defesa é fatal. Mas o que importa agora é o jogo contra o São Paulo na próxima sexta", disse o defensor ao Sportv, destacando o próximo confronto pela competição, no mesmo local e hora.

Para o meia Bernardo, o time se desestruturou após sofrer o gol desta maneira na Arena da Amazônia.

"A equipe não teve força para reagir. Precisamos rever esse erro. A saída errada do Sandro faz parte, mas temos que ter atenção e reagir nesse tipo de caso. Não podemos apresentar esse abatimento", avaliou à Rádio Globo.

Apesar de iniciar 2015 com uma derrota, Luan enalteceu o trabalho que tem sido feito pelo técnico Doriva, uma aposta da diretoria para o ano. Segundo o zagueiro, o treinador tem "tesão" de trabalhar.

"É um treinador muito bom. Ele tem tesão de trabalho, gosta de trabalhar e vai dar liga, sim. Estamos com um staff muito bom por trás. Temos que parabenizar o trabalho que vem sendo feito pela nossa comissão. Não tivemos nenhuma lesão na pré-temporada", declarou.

O Vasco ainda tem chances de ser campeão do torneio Super Series. Para isso, precisa vencer o São Paulo na próxima sexta por um bom saldo e torcer para que o Tricolor paulista vença o Flamengo no domingo.

Leia mais sobre: Luan, Bernardo, Sandro Silva

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »