Joel Santana comenta as dificuldades encontradas no Vasco

Recém saído do Vasco e, atualmente, sem clube, o treinador falou, sobre o tempo no Vasco e a difícil carreira de técnico no Brasil.

Nesta segunda-feira (15/12), Joel Santana, participou ao vivo do Show do Apolinho. Recém saído do Vasco e, atualmente, sem clube, o treinador falou, sobre o tempo no Vasco e a difícil carreira de técnico no Brasil.

"Futebol, às vezes, o que fica é o resultado. O que está prejudicando o futebol é que hoje em dia, qualquer treinador que passa dos 50 ou 60 anos está ultrapassado. Os campeonatos são muito difíceis, e o treinador não suporta, pois é muita gente batendo no comandante."

Joel comentou como foi complicado o início do trabalho no clube Cruz-maltino, mas conseguiu cumprir bem o projeto com o time, colocando o Vasco de volta à Série A.

"Foram três meses difíceis, mas o objetivo final foi alcançado e isso me deixa feliz. O começo do trabalho foi complicado, cheguei em um momento que o Vasco tinha perdido de cinco dentro de casa, a torcida estava bem chateada. Mas, conseguimos, em um espaço curto de tempo, fazer um bom trabalho. Desde que eu cheguei no clube, o time não saiu mais do G4."

O técnico também falou sobre as mudanças no futebol e a relação dos jornalistas com os profissionais do futebol.

"Tenho saudades de mais honestidade. Nós não somos donos da verdade. O que me irrita é gente que fala que sou retranqueiro. Isso não é verdade, como sou retanqueiro se tenho 8 cariocas, sou o maior vencedor do futebol Carioca. Como sou retranqueiro se em um jogo na Sul-Americana, perdendo de 3 a 0, a equipe vira para 4 a 3. As pessoas hoje não falam de futebol, mas sim de resultado. Antigamente as pessoas eram mais fieis, mais respeitosas, mais profissionais.

Leia mais sobre: Joel Santana

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »