Inspirado em Maxi López, Tiago Reis ganha espaço no Sub-20 do Vasco

O atacante Tiago Reis afirmou que Maxi López é sua referência e diz que se dedica muito para se destacar na equipe Sub-20.

Maxi López, maior contratação do Vasco na temporada, veio não só para resolver em campo, mas para abraçar um projeto no clube. Inspirar as novas gerações com a qualidade técnica e postura profissional. Até então, vem dando certo. Basta ver o caso do garoto Tiago Reis, de 19 anos, que vem ganhando espaço na equipe sub-20 cruz-maltina. O LANCE! explica.

- Particularmente, me dedico muito e procuro observar referências da posição, como é o Maxi López para mim. Ele é um cara completo e, sem dúvida, é um espelho para me desenvolver dentro do clube - afirma o atacante ao LANCE!.

Enquanto Maxi é o grande nome do elenco para escapar do rebaixamento no Brasileirão, Tiago ganha as primeiras chances reais no sub-20. Isso porque, no mês passado, os garotos Moresche e Hugo Borges foram convocados por Alberto Valentim para integrarem o elenco profissional. A função de camisa 9 'caiu no colo' do centroavante, um ano mais novo que os concorrentes, que veio do Cruzeiro no início da temporada.

Após ter poucas chances no Brasileirão sub-20, Tiago Reis assume a posição nas disputas do Torneio OPG, Taça RS e posteriormente a Copinha São Paulo, em 2019. Na estreia da primeira competição citada acima, brilhou: quatro gols na vitória por 4 a 0 sobre o Bangu. Começo arrasador em sua passagem pela Colina.

- É motivo de muita alegria para mim poder corresponder com gols. Estou aqui desde agosto, mas já me sinto em casa no clube, à vontade com meus companheiros e muito bem vestindo essa camisa de tanta tradição. Mas não me empolgo nem me iludo. A satisfação de ter feito quatro gols num só jogo logo passa. A família e os amigos já ligaram, todos desejando parabéns e isso, claro, nos dá um estímulo a mais para a sequência. Quero evoluir muito mais, porque meu objetivo é melhorar sempre. Só assim realizarei meu sonho.

Ainda focado na base, Tiago Reis pode ter a chance de ouro na Copinha, em janeiro. Momento em que o time profissional estará fazendo pré-temporada e ajustando o elenco para 2019. E se o projeto de Valentim é valorizar as pratas da casa, o garoto sabe que precisa estar pronto para o que vier.

- O Vasco tem tradição quando o assunto é revelar jogadores, então todos aqui sabem que a oportunidade pode pintar quando menos se espera. Por isso, é tão importante o jogador extrair o máximo que puder de seus comandantes de base para que aquela transição para o profissional seja a melhor possível. Independentemente da categoria, ser o 9 do Vasco é uma baita responsabilidade, mas que quero muito assumir, caso eu seja o escolhido pelo professor.

Nesta quarta-feira, o Vasco alcançou sua segunda vitória seguida no Torneio OPG. O time comandado pelo técnico Marcos Valadares bateu o Boavista por 2 a 1, com gols de Lucas Santos e Ramon. A próxima partida da competição é neste sábado, contra o América-RJ, no estádio Nivaldo Pereira.

Leia mais sobre: Sub-20

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »