Henrique no banco, Fabrício em campo; por quê?

Com Henrique disponível, Zé Ricardo preferiu escalar Fabrício, que além de contestado, é inferior tecnicamente ao garoto.

Chamou a atenção a escolha de Zé Ricardo para a lateral-esquerda na partida contra o Bahia na tarde deste domingo na Arena Fonte Nova, onde o Gigante da Colina foi mais uma vez derrotado pelo Clube Baiano em seus domínios. Com Henrique livre para entrar em campo, o comandante preferiu escalar Fabrício, que além de contestado, é inferior tecnicamente ao garoto da base.

Circulou a informação de que Henrique pudesse jogar de atacante na partida, o que seria mais um improviso de Zé Ricardo, que não chegou a se confirmar. O fato é que o escolhido para a lateral não jogou bem, e comprometeu o resultado ao tomar um drible bisonho no segundo tempo, lance que resultou no primeiro gol do Bahia.

Enquanto isso a torcida aguarda ansiosamente a volta de Ramon ao time titular. Considerado absoluto na posição, Ramon esteve no banco de reservas na partida de hoje, e nos próximos jogos deve retornar em definitivo, após um longo período de recuperação.

Henrique, lateral-esquerdo do Vasco

Com a derrota na Fonte Nova, o Vasco deve ligar o sinal de alerta no Brasileiro. Apesar de ter um jogo a menos, o Time sofre com ausência de jogadores importantes, por diversos fatores, e a situação começa a ficar dramática. Pontuar nas partidas que restam antes do recesso para a Copa do Mundo se tornou imprescindível.

Leia mais sobre: Henrique, Fabrício, Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »