Henrique agradece apoio da torcida e acredita na classificação do Vasco

Henrique agradeceu o apoio da torcida do Vasco e segue acreditando na conquista da classificação na Libertadores.

Mais uma etapa da preparação vascaína para a partida com o Cruzeiro foi finalizada na manhã desta segunda-feira (30/04) no CT das Vargens, em Vargem Pequena. O treinador Zé Ricardo comandou uma atividade tática e começou a definir a escalação para o "jogo da vida" na Conmebol Libertadores 2018. O volante Desábato, não custa lembrar, está suspenso e desfalcará o Cruzmaltino no decisivo duelo.

Quando a movimentação chegou ao fim, o lateral-esquerdo Henrique concedeu entrevista coletiva e foi de encontro ao discurso dos demais companheiros. O prata da casa garantiu que o elenco cruzmaltino segue acreditando na conquista da classificação para as oitavas de final da Conmebol Libertadores.

- Só será uma missão impossível quando não tivermos mais chances. Sabemos que é possível e acreditamos naquilo que estamos trabalhando desde o ano passado. É difícil, necessitamos fazer a nossa parte e torcer por uma combinação de resultados, mas não jogamos a toalha. Iremos dar o nosso máximo para conquistar essa vaga e seguirmos vivos na luta por nosso grande objetivo - declarou o camisa 16.

Mesmo não conquistando o resultado positivo na semana passada diante do Racing, o Gigante da Colina saiu de campo aplaudido por seus torcedores. O reconhecimento vindo das arquibancadas foi bastante festejado pelo elenco vascaíno. O lateral-esquerdo agradeceu aos seguidores da cruz de malta pelo voto de confiança.

- Vínhamos de um jogo muito difícil na Argentina e precisávamos do apoio do torcedor. Ele veio e o reconhecimento no final foi pela entrega, comprometimento e dedicação de todos nós, não apenas daqueles que estavam campo. A torcida mostrou que acredita no nosso trabalho. Estamos com a cabeça tranquila e vamos fazer o que estiver ao nosso alcance para conquistar a vitória - afirmou Henrique, revelando em seguida a expectativa para o duelo com o Cruzeiro.

- Precisamos impor o nosso estilo e jogar da maneira que estamos atuando no Brasileiro, sempre com a bola no pé. A partida que fizemos no Mineirão serve de exemplo sim, mas sabemos que cada jogo tem sua história. Precisamos encarar cada partida de uma forma diferente. Estamos trabalhando e nos cobrando internamente para termos um desempenho parecido com o do segundo semestre do ano passado - concluiu o prata da casa.

Leia mais sobre: Vasco x Cruzeiro, Libertadores, Henrique

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »