Gilmar Ferreira opina sobre oferecimento de Talles ao Urubu: 'Jogo de cena'

Gilmar Ferreira diz que possível oferecimento de Talles Magno ao Flamengo é 'jogo de cena' por disputa dos direitos do atacante.

Só o mais incauto torcedor do Vasco "comprará" a versão do que teria sido um possível oferecimento do meia Talles Magno, de 17 anos, para o Flamengo.

Na verdade, tudo não passa de um jogo de cena na disputa pela tutela do jovem astro vascaíno.

Batalha que agita os bastidores desde o ano passado, e vencida por Carlos Leite, antigo parceiro do clube.

O agente arrebatou o coração da família do jovem pegando, em primeiro ato, o controle da carreira do irmão, o "esforçado" Kaio Magno.

O atacante, que seria liberado pelo clube no final de 2018, acabou, graças a isso, recebendo nova chance.

Foi outro que, como Ribamar, passou do grupo que treinava entre os "dispensáveis" direto para o grupo principal.

Cá pra nós, um golpe de mestre do agente que há anos atua nos bastidores de São Januário.

E com o aval do presidente do clube - de Roberto Dinamite a Alexandre Campelo, passando por Eurico Miranda, que chegou a vê-lo como desafeto.

O atual mandatário, aliás, já disse, sem cerimônia, que nos momentos de aperto é Carlos Leite quem alivia as pendências financeiras do Vasco.

Relação que deveria exigir não só mais transparência, como decência.

Porque, é bom que se diga: se há alguém nesta história com perfil para fazer negócios com o rival me parece o agente que em 2018 desmontou o time vascaíno.

Na oportunidade, Leite tirou o zagueiro Anderson Martins, o lateral Madson e o meia Matheus Pet - este, vendido ao Corinthians em negócio ainda mal contado.

Sem falar na "ótima" relação entre Leite e os dirigentes rubro-negros...

Mas, enquanto o Vasco não reduzir suas dívidas, sócios e torcedores do clube terão de conviver com este ciclo tão vicioso quanto nefasto.

Leia mais sobre: Talles Magno

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »