Gilberto relembra decisão do Mundial de 2000: 'Não consigo assistir até hoje'

O ex-lateral-esquerdo do Vasco da Gama, Gilberto, relembrou o pênalti perdido na decisão do Mundial contra o Corinthians.

Em campanha que teve como destaque uma vitória épica por 3x1 sobre o Manchester United-ING no Maracanã lotado, o Vasco da Gama teve pela frente o Corinthians na grande decisão do Mundial de Clubes de 2000.

Depois de um jogo disputado e o 0x0 mantido no resultado, o título foi decidido nos pênaltis, e o Gigante acabou superado após Gilberto e Edmundo desperdiçarem as suas cobranças, e o Alvinegro do Paque São Jorge se sagrou campeão.

Responsável por um dos pênaltis desperdiçados, o ex-lateral-esquerdo Gilberto relembrou o episódio em entrevista concedida ao canal do jornalista André Marques, no Youtube. Ele revelou que ficou muito tempo sem sair de casa e que não consegue assistir partidas da competição até hoje.

- É óbvio que rola essa frustração, eu, por exemplo, fiquei muito tempo sem sair de casa porque achava que era uma derrota muito complicada de ser esquecida e até hoje não consigo parar na frente da televisão para ver jogo do Mundial de 2000. Não consigo parar para olhar porque vem uma lembrança muito ruim, mas hoje, com uma tranquilidade maior, eu vejo que fui lá, bati, sem medo, eu sei que tem jogador que pede para não bater pênalti, que passa mal na hora de bater, e eu como profissional me foi lançado esse desafio, eu tinha treinado para fazer isso, mas infelizmente o Dida pegou e agente foi eliminado. Hoje não vejo nem como uma frustração, é uma coisa de ter tido uma oportunidade de ter conquistado um grande título para um grande clube, e você não ter conseguido. Profissional se cobra muito. Hoje sinto menos até do que senti perdi realmente o pênalti em 2000.

Gilberto perdeu pênalti na final do Mundial de 2000

Gilberto ainda teve uma longa carreira de sucesso depois que deixou o Vasco, em 2002, passando por equipes do Brasil como Grêmio, São Caetano, Cruzeiro, Vitória e América-MG, e do exterior, como Hertha Berlim-ALE e Tottenham, ele que já havia passado pela Inter de Milão-ITA antes de chegar a São Januário. O lateral-esquerdo ainda acumulou diversas convocações à Seleção Brasileira, disputando as Copas do Mundo de 2006 e 2014, e está aposentado desde 2014.

Leia mais sobre: Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »