Benítez não interessa ao Fluminense; Pássaro se reúne com representantes do meia

Martín Benítez foi oferecido, mas o Fluminense não despertou interesse na contratação do meia do Vasco da Gama.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  1 de março de 2021 às 22:18-  Atualizada em 1 de março de 2021 às 22:20
Benítez durante treino pelo Vasco
Benítez durante treino pelo Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/ge)
data-full-width-responsive="true"

Garantido na Pré-Libertadores, o Fluminense não só tem buscado reforços para a temporada, como também tem sido procurado por agentes. E um dos nomes oferecidos à diretoria tricolor foi o de Martín Benítez, do Vasco. O meia de 26 anos pertence ao Independiente, da Argentina, mas tem contrato de empréstimo com o Cruz-Maltino até o meio deste ano. A informação foi dada pelo Esporte News Mundo e confirmada pelo ge.

O nome de Benítez, no entanto, não despertou grande interesse nas Laranjeiras. Primeiro, porque comissão técnica de Roger Machado não vê a função de armador como prioridade para a temporada; e segundo, pelos valores considerados altos para a realidade do clube.

Em janeiro deste ano, o Vasco pagou US$ 250 mil (cerca de R$ 1,4 milhão) ao Independiente para ter Benítez até 30 de junho. No contrato, porém, está previsto que o clube argentino pode vendê-lo a partir desta segunda-feira (1º de março) e que, neste caso, o Vasco poderia igualar a oferta ou ficar com 15% da transação. Caso optasse por comprá-lo, o valor seria descontado. Ou seja, pagaria US$ 3,75 milhões por 60%, em 18 meses. Com o rebaixamento à Série B e com a queda das receitas, a permanência do meia foi dificultada e é uma incógnita.

O ge apurou que o diretor de futebol do Vasco, Alexandre Pássaro, inclusive se reuniu com representantes de Benítez nesta segunda-feira para conversar sobre o futuro do atleta. A saída não está descartada, mas o argentino tem contrato até junho e, no momento, o Vasco não tem oferta pelo jogador.

Na última sexta, o Pássaro disse em coletiva que tanto o meia, quanto o atacante Cano “a princípio” seguem no clube:

– As coisas mudam quando um jogador se lesiona ou se um da base sobe e sustenta posição. Esses dois jogadores (Cano e Benítez), a princípio, seguem conosco. Conversei com eles ontem após o jogo, mas lembrando da dinâmica do futebol e olhando o desejo dos jogadores. Todo mundo tem que querer ficar no Vasco. Isso vamos aplicar aos dois jogadores – afirmou Pássaro.

Revelado pelo Independiente, Benítez foi emprestado ao Vasco no início da temporada 2020. Ao todo, disputou 33 partidas e marcou três gols. Apesar da fraca campanha no Campeonato Brasileiro, foi um dos nomes que caiu nas graças da torcida vascaína.

Fonte: Globo Esporte