À frente do Flu, Dorival ainda tem R$ 2,4 milhões a receber do Vasco

Somadas as duas passagens pelo Vasco, Dorival tem um total de R$ 2,4 milhões a receber da diretoria de Roberto Dinamite.

Dorival foi demitido do Vasco no mês passado

Dorival foi demitido do Vasco no mês passado

Antes de assumir o comando técnico do Fluminense, Dorival Júnior já havia treinado Flamengo e Vasco em 2013. O clube de São Januário, aliás, é um dos principais rivais do treinador na briga contra o rebaixamento. O curioso é que, somadas as duas passagens pela Colina, ele tem um total de R$ 2,4 milhões a receber da diretoria de Roberto Dinamite.

Depois de tirar o Vasco da Série B em 2009, Dorival voltou ao clube em julho deste ano e acabou demitido no mês passado. Neste período, o treinador esteve à frente do time cruzmaltino em 29 partidas, com um retrospecto de nove vitórias, oito empates e 12 derrotas. O aproveitamento foi de 40%.

Confiante de que pode livrar o Flu da degola, Dorival garante que as recentes passagens pelos rivais cariocas não vão interferir no novo desafio.

— Realmente não lembro a última vez que isso aconteceu com um técnico. Mas não me preocupo com o que passou. Fico satisfeito em chamar a atenção e a confiança de dirigentes que colocam em minhas mãos a responsabilidade de comandar clubes grandes como o Fluminense. Espero corresponder a confiança— disse.

Entretanto, uma situação nova a ser encarada por Dorival nas Laranjeiras é a grande participação da patrocinadora nas decisões da diretoria. Quanto a isso, ele garante que não haverá problema.

— Não falei com o patrocinador ainda, apenas com o presidente e o Rodrigo (Caetano, diretor executivo). Mas não há qualquer problema. No futebol, estamos sempre vivendo situações novas e essa será mais uma. Temos que unir forças para alcançar nosso objetivo, que é tirar o Fluminense dessa situação atual — finalizou.

Leia mais sobre: Campeonato Brasileiro, Dorival Júnior

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »