Fernando Miguel exalta torcida do Vasco: 'É um torcedor apaixonado'

O goleiro Fernando Miguel afirmou que a torcida vive em prol do Vasco da Gama e se diz orgulhoso de vestir a camisa do Clube.

Pensar em Fernando Miguel sem barba é inusitado. O goleiro do Vasco chegou ao clube em 2018, já barbudo, cultiva o visual há anos... mas promete, em retribuição ao apoio da torcida radicalizar em caso de vaga cruz-maltina na próxima Copa Libertadores da América do ano que vem.

- A torcida do Vasco impressiona pela forma como abraça o clube. Às vezes, as pessoas de fora imaginam que "ah, a torcida lota estádio. Ah, é expressiva no Brasil inteiro e em parte do mundo. É isso, aquilo..." Mas quem vive a realidade do Vasco, o cotidiano do clube diariamente, sim, fica impressionado. Essa atitude que o torcedor tem tido com o clube nesse momento é de aplaudir, agradecer e impressionar também. Desde o ano passado temos visto, está jogando com a gente, entendido o momento delicado do clube, enchendo estádios, nos recebendo com carinho, está construindo um centro de treinamentos, em março se associa novamente.... sempre com o pensamento pela melhora do clube - exaltou, antes de completar:

- É um torcedor apaixonado, que vive em prol do seu clube. Sou orgulhoso de vestir essa camisa, vou procurar sempre entregar o meu melhor para responder esse amor, essa paixão pelo Vasco. Esperamos viver momentos melhores, de alegria, menos sofrimento e, quando olhar para trás, vamos relembrar e ficar mais impressionados ainda. Se formos campeões da Sul-Americana esse ano, Copa do Brasil ou vaga na Copa Libertadores, o Fernando Miguel tira a barba esse ano - prometeu.

Fernando Miguel exalta torcida

Fernando Miguel foi contratado pelo Vasco em 2018 e, de início, era reserva de Martin Silva. Ganhou posição, foi se consolidando e, neste 2020, é titular absoluto da equipe de São Januário.

- O torcedor vascaíno é fantástico, noto nas mensagens que me enviam. A identificação cresce. Começou naquela partida importantíssima em 2018 (provavelmente se refere ao jogo contra o Ceará, na última rodada do Campeonato Brasileiro daquele ano), naquela partida. Acredito que existam partidas que marcam. Naquele primeiro ano, mesmo sem ser titular, tive participação na manutenção na primeira divisão. O título da Taça Guanabara, invicto, me deixou muito feliz. Estamos fazendo um trabalho que julgo muito bom e espero que os números, em campo, evidenciem mais isso, e, juntos, possamos sorrir - almeja.

Leia mais sobre: Fernando Miguel

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »