Fernando Miguel elogia nova dupla de zaga e projeta melhora no Vasco

Fernando Miguel elogiou aos zagueiros Ricardo Graça e Leandro Castan e projetou melhora para o restante da temporada.

Uma das lideranças do elenco, o goleiro Fernando Miguel respondeu a perguntas enviadas pelos jornalistas que acompanham o dia a dia do clube na transmissão da Vasco TV. O goleiro analisou o início de trabalho do técnico Ramon Menezes, viu evolução no desempenho do time e ressaltou que o início ruim no Campeonato Carioca pesou para a não classificação às semifinais da Taça Rio.

- Faltou ter começado melhor o ano. Foi notória a dificuldade que começamos, dentro de campo não acontecia. Mas a dificuldade era notória. Acredito que não nos classificamos pelo início ruim na Taça Guanabara e na Taça Rio. É importante entender o processo, assumir, mas valorizar evolução em curto período com Ramon. É um processo novo, de mentalidade, a forma de jogar nova. Dia após dia agora temos que evoluir. Vamos treinar para estar em um melhor nível técnico e tático.

Fernando Miguel também fez elogios a nova dupla de zaga vascaína. O goleiro falou sobre as boas atuações do capitão Leandro Castan junto com Ricardo Graça, que vem evoluindo muito nos últimos anos:

- Todos aqui que trabalham e se empenhem para entregar o melhor. O Ricardo Graça vem crescendo muito, é nítida a evolução. O Castan se impõe pela liderança, qualidade, pelo bom desempenho. É bacana, não é comum der dois canhotos na zaga, mas eles estão bem.

CONFIRA OUTROS TRECHOS

PONTOS A MELHORAR

Acredito que a prioridade é em cima daquilo que a gente vem demonstrando, do que temos pregado desde que o Ramon assumiu o processo de ser o treinador. Dentro das ideias dele, já apresentamos evolução no jogo passado contra o Macaé, tivemos algumas dificuldades no jogo de hoje contra o Madureira, mas encontramos soluções e no segundo tempo, não vou dizer domínio, mas criamos muitas oportunidades e o placar poderia até ter sido mais elástico.

Fernando Miguel

TEMPO PARADO É PIOR PARA O GOLEIRO?

Ficar sem jogar é ruim pra todos. Todos vão encontrar dificuldades, em todas as posições. Nosso trabalho diário é pra melhorar, evoluir e temos feito isso. Desde o primeiro dia que retornamos e agora mais ainda. Vamos ter um período importante de trabalho. Que a gente possa evoluir como equipe, possa se lapidar e melhorar em relação a nós mesmo. Isso que é importante, saber que tem potencial e margem de crescimento, amadurecimento dos meninos. Ficamos muito felizes com a entrada deles entrando nesse processo de assumir responsabilidade. Vamos trabalhar para atingir um nível melhor do que estamos hoje.

PAUSA NO TRABALHO

É ruim para toda a sociedade. Acredito que não só para o futebol. É lógico que é ruim no aspecto da competição. Já passamos da metade do ano e os campeonatos regionais não acabaram ainda. Estaríamos na quinta ou sexta do Brasileirão, em outras fases da Copa do Brasil e da Sul-Americana. A perda é de todos. É da sociedade. O importante é nós entendermos o tempo que a gente vai ter, compreender o momento, trabalhar, mentalizar e canalizar essas dificuldades que vem no nosso dia a dia e evoluir.

Leia mais sobre: Fernando Miguel

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »