FERJ pede para clubes não transmitirem jogos do Carioca

Surpresa com decisão da Globo, a FERJ pediu para os clubes que tinham contrato com a emissora não transmitirem os jogos.

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) emitiu nota na tarde desta quinta-feira sobre a rescisão por parte da Globo do contrato de transmissão do Campeonato Carioca. A entidade pediu aos 11 clubes que haviam assinado com a empresa para não transmitirem seus jogos na reta final da competição.

A Ferj revelou surpresa com a rescisão da Globo e afirmou que apresentará uma contra notificação para tentar reverter a decisão da empresa.

Nesta quinta, a Globo rescindiu o contrato de transmissão do Campeonato Carioca. A decisão foi tomada após quebra da exclusividade prevista no compromisso assinado com 11 clubes que disputam a competição - a exceção é o Flamengo - e a Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj).

Apesar da rescisão, a emissora vai manter os pagamentos previstos para este ano. Os clubes com contrato e a Ferj foram informados da decisão na manhã desta quinta.

Rubens Lopes, presidente da FERJ

Leia na íntegra a nota da Ferj:

"A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro foi surpreendida, nesta data, com a notificação da TV Globo sobre a rescisão de contrato dos direitos de transmissão do Campeonato Carioca e ainda com a informação, no documento, de que a emissora garante o pagamento integral da cota de 2020. Assim sendo, a FERJ apresentará a contra notificação e entende que os clubes signatários do contrato, no momento e mesmo como mandantes, não devem exercer o direito de transmitir suas partidas até posterior decisão."

Leia mais sobre: Campeonato Carioca

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »