Fellipe Bastos prevê possibilidade de título do Vasco no Carioca

O volante do Vasco, Fellipe Bastos, afirmou que o time está com muita fome e mira classificação para a semifinal da Taça Rio.

A vitória do Vasco por 3 a 1 sobre o Macaé no último domingo deu confiança ao time, que tenta sobreviver na disputa do Campeonato Carioca. Em entrevista coletiva virtual, nesta terça-feira, o volante Fellipe Bastos exaltou a última atuação e se mostrou confiante com a possibilidade de título. Para isso, a equipe, que tem 5 pontos, precisa vencer o Madureira na quinta e torcer por uma vitória do Resende sobre o Volta Redonda, que atualmente é o segundo colocado, com 7 pontos.

- A gente tem que fazer o nosso papel, a gente está evoluindo. É o começo de um trabalho, a gente quer classificar. Primeiramente, temos que focar no nosso trabalho. Não adianta o Resende ganhar lá e a gente perder o nosso jogo. Precisamos trabalhar mais do que no jogo do Macaé. Precisamos fazer um bom jogo, e com boa vitória porque sabemos que o saldo de gols pode fazer diferença para gente. Para que a gente consiga vitória e o Deuses de futebol botem a gente na semifinal - disse Bastos.

- A gente está com muita fome. Primeiro precisamos fazer nosso trabalho com o Madureira, torcer para classificar. E se deixar chegar, com a vontade que a gente tem, vai ser difícil (segurar).

Contra o Macaé, Fellipe Bastos voltou aos gramados depois de passar por seis meses parado em recuperação de lesão. E teve uma participação importante na vitória, com assistência para um dos gols marcados pelo argentino Cano, motivo de muita comemoração do volante.

- No lance do gol vi o Cano em melhor posição, achei que ia entrar desequilibrado na bola. Vibrei bastante mesmo como se fosse gol. Era o que eu estava esperando. Todo mundo quer fazer gol. Foi um lance importante. Foi também comemoração por voltar a jogar depois de seis meses, foi uma reestreia para mim.

Outras respostas de Fellipe Bastos:

Posicionamento mais à direita

É uma coisa que o Ramon tem pedido para mim, Pikachu e Vinícius. Ele pediu para gente se movimentar do lado direito, até porque é nosso lado de mais velocidade, infiltração. O Pikachu tem entrado mais pra dar o passe para mim e Andrey.

Briga por uma vaga no time titular

Ramon tem uma dor de cabeça boa. O time tem jogadores qualidade. Eu sei o que preciso fazer dentro dos jogos treinamentos, o Vasco tem 25 jogadores com condição de serem titulares. Nos treinamentos a gente precisa mostrar para ele que é capaz de ser titular.

Críticas da torcida

O torcedor é paixão. Estou no clube saindo e vindo, o torcedor sabe o que posso render. Crítica é normal. Críticas positivas eu recebo, tento melhorar meu futebol. Tem críticas que depreciam e deixam para baixo, é uma coisa que não vejo e não levo adiante porque não vai me acrescentar. Também sou torcerdor do Vasco. Sei que eles ficam "putos" quando erro. E têm razão. Eu também fico chateado quando não jogo bem.

Leia mais sobre: Fellipe Bastos

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »