Faues Mussa pede abertura de comissão para caso de novos sócios

O presidente da Assembleia Geral do Vasco da Gama, Faues Mussa, pede abertura de comissão para caso de novos sócios.

Paralelamente, ocorrem em São Januário desdobramentos do caso envolvendo a entrada de novos sócios no quadro do clube. Presidente da Assembleia Geral, Faués Cherenes Jassus, conhecido como Mussa, deu entrada na secretaria nesta quarta-feira com um pedido para que seja discutida a abertura de uma comissão "para analisar e emitir parecer sobre a admissão de todos os associados a partir de 22 de janeiro de 2018 até a presente data, examinando as fichas de proposta para sócios e demais documentos, bem como acerca de eventual transgressão na forma do Estatuto".

A crise envolvendo o quadro social do Vasco estourou depois que o presidente Alexandre Campello recusou cerca de 150 novas associações "por indícios de mensalão" - quando grupos políticos financiam a entrada de sócios no clube para obterem votos nas eleições. Cerca de 1.300 pedidos de associações estão sendo analisadas pela diretoria.

Grupos de oposição e até apoiadores da gestão reclamaram de falta de transparência do clube nos critérios adotados para descartar associações. O Vasco afirma que levou em consideração pedidos assinados por um mesmo proponente e a forma de pagamento no ato da associação.

Campello é criticado após recusar novos sócios

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »