Fabrício recebeu vaias e aplausos da torcida em São Januário

Fabrício foi vaiado pela torcida durante o jogo contra o Cruzeiro, mas após lance do primeiro gol passou a receber aplausos.

Vasco sai e volta para campo vaiado

Depois de um primeiro muito longe das expectativas em todos os aspectos, a torcida do Vasco não perdoou e vaiou muito o time ao apito do árbitro. Fabrício foi xingado e ouviu gritos para que o técnico Alberto Valentim o substituísse. Na volta para os 45 minutos finais, o clima pesado continuou. O treinador chegou a se aproximar do vidro de proteção da arquibancada para pedir calma aos torcedores. Em campo, Fabrício conversava com os companheiros na tentativa de buscar apoio.

E o gol do Vasco teve origem no perseguido Fabrício...

No futebol, as reviravoltas são comuns. E não foi diferente com Fabrício. Vaiado, ele iniciou a jogada e cruzou na área cruzeirense. Maxi López fez o corta-luz e a bola sobrou para Yago Pikachu estufar as redes. Na comemoração, os jogadores correram diretamente para Fabrício. Alberto Valentim, claro, vibrou muito. A partir daí, Fabrício passou a ser aplaudido pela torcida e foi assim até ser substituído por Giovanni Augusto.

Leia mais sobre: Fabrício

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »