Fábio Porchat se torna 'O Profeta' por um dia e lamenta derrota do Vasco

O vascaíno Fábio Porchat aceitou o desafio de ser aprendiz de profeta na partida contra o Bangu, mas lamentou a derrota.

No dicionário, profeta quer dizer homem que supostamente vê o futuro, vidente, uma espécie de adivinho. E nós temos um aqui no esporte da Globo. Seu nome é Régis Rösing. Ao longo da carreira, nosso repórter já “adivinhou” diversos gols. Mas na noite de sábado, ele foi mais que um profeta: se tornou professor para o iniciante Fábio Porchat.

Vascaíno fanático, o humorista viu de perto a derrota do seu clube de coração para o Bangu por 2 a 1, em São Januário.

Além de humorista, Porchat é ator, roteirista e comediante... Mas teria ele o dom de see profeta? Fã de Régis, ele viu o jogo ao lado do mestre. E, ao primeiro encontro, perguntou logo de cara:

- Vai me ensinar como fazer? Isso é o meu sonho!

- Na verdade não é profeta, é ser persistente. Precisa insistir todo ataque. Sempre olhando, e espera o Vasco atacar – ensinou Régis.

Fábio Porchat e Régis Rösing

Sempre com seu conhecido bom humor, Porchat lembrou de um detalhe que poderia fazer ir por água abaixo todo o planejamento. Ao mesmo tempo, foi uma alfinetada no próprio time.

- Mas tem que esperar o Vasco atacar? Isso pode levar um ano.

- É o melhor momento para exercitar a paciência. E hoje você vai prever um gol - profetizava o professor.

Ao fim do jogo, a vitória do Bangu por 2 a 1 fez Porchat lembrar outros jogos que viu de perto.

- Não sou exatamente um pé-quente. Estava no 7 a 1 no Mineirão, eu estava no 2 a 1 para a Bélgica lá na Rússia...

Veja o vídeo

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »