Eurico Miranda rebate Julio Brant e o chama de irresponsável

O presidente Eurico Miranda rebateu Julio Brant e disse que as acusações do candidato está denegrindo o Vasco.

Sexta-feira agitada para os torcedores do Vasco. Depois de o candidato Julio Brant acusar Eurico Miranda de "má intenção", o atual presidente cruz-maltino convocou entrevista coletiva para o fim da tarde, em São Januário. Antes de responder a diversas perguntas, o mandatário rebateu Brant e o chamou de "irresponsável".

- Vocês agora vão falar com o presidente do Vasco. Antes, falaram com um irresponsável. Tem que separar as coisas. Não gostaria de estar aqui, mas esse irresponsável, leviano... e mais outras coisas. Se pensa que me atingiu... não. Está denegrindo o Vasco. Lamento. Quando digo que é irresponsável... Atingiu o Vasco. Primeiro, eles que fomentam essas denúncias. Material do Vasco desviado, jogando no ar acusações fortes... Tenho mais de 600 funcionários, a maioria humildes. Acusados de vender material - disse Eurico.

De manhã, em um prédio na Barra da Tijuca, Julio Brant revelou ter feito um registro de ocorrência para que a Polícia Civil apure as denúncias sobre objetos que teriam sido retirados de São Januário sejam apuradas. O candidato, favorito para assumir o Cruz-Maltino na próxima semana, também atacou Eurico Miranda.

- Quem é ele para ser o presidente do Vasco? Pode até querer ser, mas ainda vai ser intitulado. Primeiro que o presidente do Vasco não morreu. Está aqui. Sou eu - falou Eurico.

Durante a entrevista coletiva, o presidente do Vasco também falou sobre as denúncias de que materiais do Caprres tinham sido retirados do clube (um vídeo, inclusive, foi divulgado para mostrar o contrário), sobre venda de jogadores e salários.

Polícia em São Januário

Além da Delegacia de Repressão contra Crimes de Informática, a Polícia Militar também esteve presente em São Januário para averiguar os episódios ocorridos nesta quinta-feira.

Leia mais sobre: Eurico Miranda

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »