Especialistas falam sobre pedido do Vasco de anulação de jogo contra o Internacional

Especialistas acreditam que o pedido do Vasco da Gama de anulação da partida contra o Internacional não prosperar.

Jogo entre Vasco e Internacional em São Januário
Jogo entre Vasco e Internacional em São Januário (Foto: Max Peixoto/Dia Esportivo/Estadão Conteúdo)

A 36ª rodada do Campeonato Brasileiro poderá parar no tribunal. Logo após o término do jogo contra o Internacional em São Januário, o Vasco anunciou, em seu site oficial, que pedirá a anulação da partida na justiça desportiva. O motivo é a falha técnica do VAR (árbitro de vídeo) no lance que originou o gol colorado de Rodrigo Dourado. O Lei em Campo ouviu especialistas sobre a possibilidade de a solicitação ser aceita.

“O pedido do Vasco não deverá prosperar uma vez que o uso do VAR não é obrigatório, sendo a decisão de campo soberana. Além disso, pela regra do VAR o não uso deste não gera uma anulação da partida”, afirma Alberto Goldstein, advogado especialista em direito desportivo.

“Esse caso é diferente dos outros casos em que foram levantadas possibilidades de anulação das partidas. A diferença é que nos outros casos havia o claro descumprimento de alguma regra, no caso do Vasco não. O artigo 78 do regulamento geral de competições da CBF diz que a entidade não será obrigada a disponibilizar o equipamento em todas as partidas de uma mesma competição”, ressalta Vinicius Loureiro, advogado especialista em direito desportivo e colunista do Lei em Campo.

Fernanda Soares, advogada e colunista do Lei em Campo, vai na mesma linha e entende que a anulação de uma partida só deve ser feita em casos graves. “Anulação de partida é algo extremamente raro, e assim deve ser, já que prejudica muito a competição. Só ocorre quando o árbitro toma decisão contrária às regras do jogo, algo evidente e grave o suficiente para ensejar uma interferência tão forte do tribunal na competição. Interpretação do árbitro, a princípio, não enseja anulação da partida”, avalia a advogada especialista em direito desportivo e colunista do Lei em Campo.

Na súmula, o árbitro Flávio Rodrigues não citou o lance polêmico, tão pouco o problema técnico no equipamento. Na parte reservada para “observações especiais”, o juiz escreveu que “nada houve de anormal”.

Confira a nota divulgada pelo Vasco

O Club de Regatas Vasco da Gama entrará com um pedido de anulação da partida contra o Internacional, neste domingo (14), em São Januário, válida pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol. Em ofício, assinado pelo presidente Jorge Salgado imediatamente após o término do confronto, e anexado à súmula do jogo, o Vasco afirma que o “VAR disfuncional não anula gol do Internacional em flagrante impedimento”.

“O que presenciamos hoje em São Januário foi mais uma repetição do ultraje que tem sido a atuação da arbitragem da CBF em nossas partidas. Pediram para retirarem uma câmera da Vasco TV, ‘descalibraram’ a linha e ironizaram nosso treinador dizendo que avaliariam as imagens ‘de casa’. Já são 18 apitos contra o Vasco, em uma disparidade desrespeitosa em relação a qualquer outro time da competição. Estou acionando a CBF por telefone hoje para uma reunião esclarecedora. Vamos requerer na justiça desportiva a anulação desse jogo”, declara Jorge Salgado.

O jurídico do Vasco já está reunindo todas as informações pertinentes para acionar o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e buscar os direitos do Clube.

Fonte: Blog Lei em Campo

Leia mais sobreInternacional
3 comentários
  • Marcio da Silva Pacheco - 15 de fevereiro de 2021

    Dirigentes merda, clube como o Vasco não merecem passar por essas humilhações desrespeito aos seus torcedores, vamos ser rebaixados pela quarta vez. Pra mim já deu, tô fora desta humilhação, não vem dizer que não sou torcedor, pelo contrário sou vascaíno de coração tenho 54 anos essa é a pior decisão que estou tomando. Se vcs querem se colidirem fiquem a vontade

    Responder
    • Rogério Silva soares - 15 de fevereiro de 2021

      É uma vergonha o que fizeram em São Januário ontem foi um roubo como pode a câmera dar problema justo na hora do gol e no segundo tempo consertarem o equipamento já nao é a primeira vez que acontece isto com traço Palmeiras e Bahia foi a mesma coisa na dúvida contra o Vasco eu não sei para que os árbitros fazem cursos e não aprendem nada dói um assalto em São Januário ontem fico indignado com isso.

  • RUIMAR FONSECA DA COSTA - 15 de fevereiro de 2021

    essa história de pedir anulação do jogo e conversar fiada motivo de desculpa consolo ao torcedor,mas tudo que está acontecendo com o Vasco tem que botar nas contas das facções,que estão prejudicando o clube,sem esquecer o se Campelo ele é o responsável por tudo que está acontecendo, porque tomou a eleições, aumentou a dívida do clube é montou este elenco de jogadores fracos limitadíssimo, é o pior sem pagar a folha ele tem 100% de cupa pelo rebaixamento de novo

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
29 de novembro de 2021
Edmundo comemora derrota do Flamengo e publica montagem

O atacante Edmundo comemorou a derrota do Flamengo e postou uma montagem com as camisas do Vasco da Gama e Palmeiras.

Ira Jovem exige saída de Luiz Mello e de outros integrantes da gestão do Vasco

A torcida organizada do Vasco da Gama, Força Jovem, ainda pediu para que os sócios estatutários assinem o pedido de AGE.

Vasco é o 8º brasileiro com mais títulos internacionais, ultrapassado pelo Palmeiras

Com a conquista da Libertadores, o Palmeiras chegou a cinco títulos internacionais e ultrapassou o Vasco da Gama, que tem quatro.

Zé Ricardo e Ricardo Gomes ganham força no Vasco; Anderson Barros segue indefinido

Zé Ricardo está resolvendo pendências em seu ex-clube, Ricardo Gomes está próximo do acerto com e Anderson Barros segue incerto no Palmeiras.

Ernando agradece e se despede do Vasco

Por meio de publicação no Instagram, o zagueiro Ernando se despediu do Vasco da Gama nesta segunda-feira, após o fim da Série B.

Zé Ricardo estaria animado com possível retorno ao Vasco

O técnico Zé Ricardo, de 50 anos, estaria animado para iniciar um trabalho do zero no Vasco da Gama na temporada 2022.

Sônia Andrade lamenta fase do Vasco e questiona crias da base: ‘Irreconhecíveis’

Sônia Andrade lamentou a situação do Vasco da Gama e se mostrou admirada com o desempenho ruim das crias da Colina.

Time da Virada pede renúncia da direitoria e de conselheiros do Vasco

No Facebook, o movimento Time da Virada pediu a renúncia da diretoria do Vasco da Gama e de conselheiros do Clube.

Vasco fecha Série B com índice de rebaixado para Série C, diz Footstats

Campanha decepcionante do Vasco da Gama na Série B poderia ter sido muito pior, conforme revela o índice de classificação do Footstats.

Ernando teria sido dispensado pelo Vasco

O zagueiro Ernando está fora dos planos do Vasco da Gama para a próxima temporada, onde busca o retorno à elite do futebol nacional.

Veja mais notícias