Entrevista coletiva de Abel Braga após o jogo contra o Bangu

O técnico Abel Braga falou sobre o desempenho do Vasco da Gama contra o Bangu, pontuou os erros e aprovou atitude do time.

Após o empate com o Bangu por 0 a 0, neste domingo, em São Januário, Abel Braga pontuou um erro ou outro na coletiva de imprensa, disse que faltou "clarividência" ao Vasco principalmente no primeiro tempo, mas aprovou a atitude da equipe na estreia na Taça Guanabara.

- Não foi o esperado e merecido. Não saímos contentes por isso. No primeiro tempo, não tivemos clarividência. Tivemos domínio, mas não fizemos o que treinamos. No segundo tempo, foi ataque contra defesa. Eles jogaram com a linha defensiva muito baixa. Tentamos ainda as bolas cruzadas, mas não deu. Torcedor veio e pode até sair insatisfeito. Mas ele entendeu que houve luta muito grande. Quantos jogadores deles caíram durante o jogo? Nós, nenhum. Saio contente e satisfeito pela atitude - afirmou o comandante.

"Só o resultado não agradou", completou.

Abelão elogiou bastante a atuação de Bruno Gomes, volante de 18 anos titular neste domingo.

- O jogador que eu mais chamei a atenção durante esses nove dias foi o Bruno Gomes. Fizemos até um dia um trabalho especial com ele, determinadas coisas que ele podia melhorar. Para mim simplesmente ele foi um monstro hoje. O que esse menino jogou foi um absurdo, é um cara de competição, de jogo. Outros não conseguiram, foram um pouco abaixo - disse.

Elogiado por Abel antes da estreia, Gabriel Pec foi um dos que ficaram abaixo do que poderiam, de acordo com o próprio treinador. O meia não conseguiu cumprir a função de criação na equipe vascaína.

- O Pec realmente ficou um pouquinho entregue à marcação. Pelo que ele treinou essa semana, ele sentiu um pouquinho.

Abel Braga durante jogo contra o Bangu

Veja outros tópicos da entrevista:

Estreia de Cano

- É normal no primeiro jogo fora do país estar ansioso. Até eu estava. Foi a primeira experiência dele aqui valendo três pontos. É normal alguns irem bem e outros nem tanto.

Posicionamento do time

- Sentimos um pouco no posicionamento. Às vezes, não é questão de quatro atacantes. Quando se tem a bola, com o futebol intenso de hoje, é tentar jogar entre as linhas e especialmente nas costas dos volantes. Fizemos isso nos treinos, mas não repetimos no jogo.

Parte física

- Se essa equipe jogar na quarta-feira, vão estourar uns três ou quatro. Essa equipe de jogo continua a pré-temporada e atuará no sábado. Foi assim que fiz no ano passado e deu certo. O mais importante é que aqui não tivemos nenhum machucado na pré-temporada, hoje nenhum nosso sentiu nem cãibra. Vamos, então, continuar correndo atrás.

Time sub-20 contra o Flamengo, na quarta-feira

- Eu não posso fazer nada, o calendário é assim. Não vou repetir ninguém desse time. Mas é Vasco x Flamengo. Nosso sub-20 é bom. Nós vamos com talvez um jogador que tenha dois anos mais, mas vai ser sub-20 contra sub-20. Meu pessoal de banco é todo sub-20, com exceção do Ribamar. Ribamar vai jogar.

Reforços

- Com certeza virão (outros). Se não veio até agora ninguém, só o Cano, é porque a gente não pode errar. Se você trouxer alguém, tem que trazer alguém que vai entrar e vai jogar. Que vai trazer benefícios. Se não for dessa maneira, não vale a pena.

Leia mais sobre: Vasco x Bangu, Abel Braga

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »