Empresário revela que Leven Siano tem acordo encaminhado com Benítez

O empresário de Martín Benítez, Adrián Castellanos, afirmou que o meia seguirá no Vasco da Gama, caso Leven Siano seja o novo presidente.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  16 de dezembro de 2020 às 10:13-  Atualizada em 16 de dezembro de 2020 às 10:14
Martín Benítez, meia do Vasco
Martín Benítez, meia do Vasco (Foto: Rafael Ribeio/Vasco)
data-full-width-responsive="true"

Emprestado pelo Independiente ao Vasco até o fim do ano, o meia Martín Benítez ainda tem futuro incerto no clube carioca, ao menos até que se resolva quem será o novo presidente cruz-maltino. A princípio, o martelo será batido nesta quinta-feira (17), em decisão judicial que definirá se o mandatário para o próximo triênio será Jorge Salgado ou Leven Siano.

E como apurou o ESPN.com.br, junto ao empresário do meia argentino, Adrián Castellanos, se Leven Siano for vitorioso na eleição, o camisa 10 tem boas chances de permanecer em São Januário, uma vez que revelou que o candidato já tem acordo encaminhado com o atleta.

“Vamos esperar que a definição da justiça ratique Leven como novo presidente. Se for assim, então Benítez seguirá no Vasco, senão vejo como quase impossível”, declarou Castellanos.

Na atual gestão, do presidente Alexandre Campello, nenhum passo será dado sem que o assunto Benítez seja confabulado com o próximo mandatário cruz-maltino. Como também apurou o ESPN.com.br, junto a fontes ligas ao clube, nesse momento o Cruz-Maltino não tem recursos para a compra do passe do jogador, ao menos que seja assinada uma promessa de que os 4 milhões de dólares (cerca de R$ 21 milhões) por 60% do passe do meia pedidos pelo Independiente sejam pagos após o fim do mandato, em janeiro, algo que não será feito.

Campello, inclusive, neste momento está fora do país, em Portugal, resolvendo questões sobre a transferência do lateral-direito Nathan ao Boavista.

O ESPN.com.br também conversou com Jorge Damiani, diretor esportivo do Independiente, que revelou que o clube foi procurado por Palmeiras e Grêmio e que a oferta de compra dos dois clubes brasileiros são superiores à do Vasco.

Ainda de acordo com o diretor argentino, o Grêmio é quem tem sido mais incisivo na busca por Benítez e feito mais contatos ao Independiente.

Ainda de acordo com Damiani, o valor mínimo para que exista uma negociação é de 4 milhões de dólares, algo em torno de R$ 21 milhões, por 60% dos direitos econômicos do atleta.

No entanto, o clube detentor do meia só discutirá com as demais equipes caso o Vasco não apresente uma proposta derradeira até a definição de quem será o próximo presidente do clube. Segundo o portal Esporte News Mundo, esse foi um pedido de Alexandre Campello, acatado pelo Independiente nesta última terça (15).

Fonte: Espn