Em nota, Vira Vasco critica Jorge Salgado: ‘O desastroso golpe’

O grupo político Vira Vasco se manifestou sobre a eleição e o começo da gestão Jorge Salgado no Vasco da Gama.

Vira Vasco divulga nota criticando Jorge Salgado
Vira Vasco divulga nota criticando Jorge Salgado (Foto: Reprodução)

Em meio ao clima de tensão com a situação delicada do Vasco da Gama no Campeonato Brasileiro, na luta contra o rebaixamento, a política segue sendo assunto em São Januário.

A razão disso ainda é resultado da confusão eleitoral, que resultou em duas votações, uma presencial e outra híbrida, com a Justiça sendo acionada, que teve Jorge Salgado eleito para o próximo triênio.

Isso foi tema de uma nota divulgada pelo grupo político Vira Vasco, através das redes sociais. Nela, ainda teve críticas a Jorge Salgado nesse começo de trabalho em São Januário, com destaque para o aporte financeiro.

Confira a nota na íntegra:

O desastroso golpe

A sanha de alguns políticos pelo poder faz com que eles não respeitem o próprio Estatuto do Clube, eles passam por cima de tudo, quando se trata de defender seus próprios interesses, enganam e fazem promessas, que sabem que não poderão cumprir. Assim começou a campanha de Jorge Salgado e de sua Diretoria à Presidência do Vasco.

Ainda na campanha, ele informou que já tinha um aporte financeiro para quitar salários atrasados de funcionários e jogadores; foi enganoso, pois ele já sabia que não poderia cumprir, foi por puro interesse eleitoreiro. Não é o comportamento adequado a um Presidente, no momento em que o Vasco precisa de credibilidade para conquistar investidores e patrocinadores para sanear suas finanças e investir no Clube.

Não há liderança sem coerência, sem cumprir o que se promete, tampouco quando há um golpe em curso. Quando percebeu que tinha perdido, legalmente, a eleição do dia 7, Salgado, em comum acordo com os candidatos Campelo e Júlio Brant, retirou sua candidatura, quando faltava pouco mais de 1 hora para o término da votação. A partir daí, para garantir sua posse, eles recorreram à justiça visando validar a eleição do dia 14, o que acabou se revelando um jogo de cartas marcadas, porque o Estatuto do CRVG não foi respeitado.

Foi com este aparato de irregularidades que ele chegou à Presidência do Vasco. É, como disse o Barão de Itararé, ” de onde não se espera nada, é que não vem nada mesmo”. Devendo a jogadores e funcionários, já definiu que sua ação agora será pagar a ele próprio e demais pessoas físicas, que teriam emprestado dinheiro para o Vasco. Disse isto às vésperas de uma partida decisiva para o Vasco se manter na primeira divisão.

O Vira Vasco lamenta que o Presidente represente a continuidade das gestões de fracasso das duas últimas décadas e espera que ele, assim como toda a sua Diretoria, venha a ter uma gestão alicerçada em princípios éticos e morais. O Vasco precisa honrar os seus compromissos para que possa resgatar sua trajetória de Clube vitorioso. Nesta reta final de decisão do campeonato brasileiro, é importante que todos participem de uma corrente positiva visando a manutenção do Vasco na primeira divisão.

Associação VIRA VASCO
12.02.2021

8 comentários
  • Spencer2021 - 13 de fevereiro de 2021

    O que eu achei pior foi o Judiciário aceitar isso. Um escrúpulo de mentiras nessas eleições. Onde está a democracia? Onde estão as Leis para serem cumpridas… Um País onde não se existe justiça só podem ocorrer impunidades como essa. Muito triste com isso. Amo o meu País e sou brasileiro com orgulho, mas essas coisas me enojam e tem horas que dá vontade de ir embora daqui para outro País onde se existe justiça sem políticas sujas no meio. É um desabafo como vascaíno e brasileiro que sou.

    Responder
    • Afredo Coelho - 14 de fevereiro de 2021

      O Vasco vem sendo gerido de forma amadora, ineficiente e inaceitável.
      Não é só no futebol que vemos um desastre, o clube como um todo inexiste. As suas sedes sociais são um cemitério.
      O clube hoje é ruim em todas as direções para onde olhamos.
      E o pior é que a continuidade está aí.

  • Lima - 13 de fevereiro de 2021

    Agora é unir forças. Deixa a crítica para depois. Se foi golpe, se não foi, não importa mais. Salgado é o presidente atual e isso é fato consumado. As “forças” deveriam se unir, ao menos nesse momento, para discutir e apresentar soluções e não para tumultuar, de novo, nesse momento tão delicado para o clube. Apontar a falha mas não apontar a solução serve apenas para mostrar que também não sabe o que fazer. Se quer se colocar como grupo político organizado, não pode agir como torcedor apaixonado. Deixa isso para nós.

    Responder
  • Tom Silva - 13 de fevereiro de 2021

    Não se destrói o que já está destruído o Vasco foi destruído quando foi entregue nas mãos do segundo golpista chamado salgado ” também conhecido como Pinóquio “

    Responder
  • Vasco na B - 13 de fevereiro de 2021

    Chorar ????na cama que é lugar quente,em vez de ficar jogando poeira nos olhos dos vascaínos,juntem-se a situação e ajudem a resolver esse e outros problemas, só criticar sem fazer nada, é melhor ficar calado,o importante não e apontar problemas, mas sim indicar soluções.

    Responder
  • Silvio Lucio de Souza - 13 de fevereiro de 2021

    Cambada de vagabundos, a politica já acabou, foca em ajudar o clube e não em destruir ainda mais .

    Responder
    • Ismael Dias de Oliveira - 13 de fevereiro de 2021

      Infelizmente essa cambada de vagabundos, como você disse, não está nem aí para nosso VASCO e, muito menos para nós, verdadeiros vascaínos, o que eles querem é tirar proveito da situação em proveito próprio como afirmou o (argh) “presidente Salgado em sua infeliz declaração. Nós, verdadeiros vascaínos, continuaremos, de todo coração, a ajudar nosso amado clube, mesmo que, direta ou indiretamente, estaremos ajudando a esses larápios.

    • Geremias Costa - 13 de fevereiro de 2021

      Silvio Lucio De Sousa seu fdp, um golpista safado quê nem esse Salgado e sua quadrilha que não respeitaram o estatuto do clube e nem os socios que foram votar no dia( 7 ) não merece um pingo de ajuda,já que eles não tem um aporte financeiro para pagar os jogadores e funcionários e nem para sanar as dividas do clube não será nós torcedores que vamos bancar essa quadrilha,

Deixe sua opinião

Últimas notícias
17 de setembro de 2021
Germán Cano se torna o 6º maior artilheiro do Vasco no século XXI

O atacante Germán Cano chegou a 39 gols e empatou com Alecsandro como sexto maior artilheiro do Vasco da Gama neste século.

Eduardo Paes brinca sobre público no jogo entre Vasco e Cruzeiro: ‘Fazendo meu lobby’

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro disse que fez ‘lobby’ pela liberação de público no jogo entre Vasco da Gama e Cruzeiro.

Efeito estreantes! Vasco acumulou números superiores que o CRB em empate

Nas estreias de Fernando Diniz e Nenê, o Vasco da Gama elevou o nível de atuação, mas ainda pecou individualmente e deixou a vitória escapar.

Zeca recebe o 3º amarelo e será desfalque contra Cruzeiro

O lateral-esquerdo do Vasco da Gama, Zeca, levou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão automática diante da Raposa.

Diniz projeta vitória contra o Cruzeiro e cita importância da torcida em São Januário

Fernando Diniz, técnico do Vasco da Gama, projetou a vitória contra o Cruzeiro e desejou que a torcida esteja em São Januário.

Nenê deixa boa impressão em sua reestreia pelo Vasco

Em sua reestreia pelo Vasco da Gama, Nenê deixou boa impressão e arrancou elogios de torcedores cruzmaltinos.

Prefeitura do Rio libera e Vasco pode ter torcida em São Januário contra o Cruzeiro

Com o novo decreto da Prefeitura do Rio de Janeiro, o Vasco da Gama está prestes a ter de volta a torcida no Estádio de São Januário.

Após suspensão, Daniel Amorim fica à disposição do Vasco contra o Cruzeiro

Daniel Amorim está à disposição do Vasco da Gama para o jogo contra o Cruzeiro no próximo domingo, em São Januário.

Fernando Diniz justifica utilização de apenas 1 volante contra o CRB

Na entrevista coletiva após o jogo contra o CRB, o técnico Fernando Diniz explicou porque escalou o Vasco da Gama com apenas um volante.

Sem tempo para tropeços, é hora do Vasco embalar

Vasco da Gama chega a momento decisivo da Série B onde precisa emplacar uma sequência de bons resultados se ainda quiser sonhar com o acesso.

Veja mais notícias