Éder Luis analisa momento e afirma que voltaria ao Vasco: ‘Sem dúvida’

O atacante Éder Luis, atualmente com 36 anos e sem clube, mostrou que não pensaria duas vezes num eventual convite do Vasco da Gama.

Éder Luís, ex-atacante do Vasco
Éder Luís, ex-atacante do Vasco (Foto: reprodução)

Querido pela massa vascaína, Éder Luis está sem clube na altura dos 35 anos. Seu último clube foi o Uberaba-MG, ainda em 2020. Em entrevista concedida ao canal Atenção Vascaínos!, no Youtube, o atacante, perguntado sobre o futuro, disse que está cogitando a aposentadoria, mas segue aberto para um “convite bacana”.

– Não estou jogando. Estou parado. na verdade aparece algumas coisas, mas não foram interessantes e fui ficando em casa, onde estou atualmente. Minha cabeça está mais para parar do que jogar. É lógico, quem sabe, se aparecer um convite bacana, onde pudesse jogar bola porque, querendo ou não, é o que você sabe fazer, e acredito que ainda podia contribuir.

A partir disso, questionou-se a Éder Luis se aceitaria um possível convite do Vasco para voltar e ele não pensou duas vezes.

Sem dúvida. Com certeza eu voltaria. Com o maior prazer, maior carinho e com maior respeito de não ir para me aproveitar de um clube, mas para poder ajudar, para que possa, junto com esses atletas, fazendo um esforço danado para colocar o Vasco onde ele merece.

Éder Luis

Em outro momento da participação, o atacante chegou a destacar a importância de um jogador de velocidade para um time, o que se refere à característica que o marcou em São Januário.

– Eu assisto muitos jogos. Eu acho que isso é nítido. O Clube que não tem a válvula de escape sofre muito porque hoje o jogo ficou muito intenso e quando você tem esse jogador o adversário já se preocupa. Quando jogava no Vasco, era uma arma que a gente tinha porque saiam jogadas e, na maioria das vezes, ou era gol ou era uma jogada construída com sucesso onde vai recuando a outra equipe, esticando o adversário. Não digo o mais importante, mas é de suma importância ter atleta de velocidade.

Carinho e momento

Éder Luis destacou o carinho que tem pelo Vasco, chegando a se considerar um vascaíno. O atacante ainda analisou o momento que o Gigante está passando, e disse que não se surpreendeu com as dificuldades que a equipe tem encontrado na Série B, mas confia no retorno à primeira divisão.

– Eu posso dizer que sou vascaíno. Sou muito grato ao Vasco. Foi um clube que eu posso dizer que tive momentos ruins sim, mas foi muito bom o que passei aí. Um clube muito grande. Está sofrendo nos últimos anos mais por parte do financeiro porque não consegue se organizar, fazer uma contratação que a torcida merece, então o Vasco infelizmente está passando por um momento muito difícil. Desde a minha época vinha com seus problemas e, infelizmente, se agravaram – disse Éder Luis, que completou:

– Eu sabia que o Vasco não iria fazer uma Série B com facilidade porque é uma competição muito acirrada, competitiva. Se o Vasco tivesse uma equipe mais entrosada, com um padrão de jogo, camisa tem, as coisas aconteceriam normal, só que hoje os clubes não estão respeitando a camisa do Vasco, então vai sofrer, mas acredito que tem possibilidade de subir. Está se encontrando um caminho, começando a entender o que é Série B. O Vasco é time grande, pode ter certeza que lá no final vai prevalecer. Estou torcendo muito. É um clube que tenho um carinho muito grande, que fiquei praticamente sete anos e que eu torço.

Passagem pelo Vasco

Éder Luis defendeu o Vasco durante grande parte da década passava, com pausas entre empréstimo e lesões. O atacante foi muito importante principalmente entre 2010 e 2012, época em que formou uma bela dupla na direita com o lateral-direito Fagner. Ele, inclusive, foi o autor do gol que garantiu a conquista da Copa do Brasil de 2011.

Leia mais sobreÉder Luís
9 comentários
  • PAULO Roberto Nogueira - 8 de julho de 2021

    Na verdade seria só estes quatro pra trazer o Vasco de vlo

    Responder
    • PAULO Roberto Nogueira - 8 de julho de 2021

      Dede Eder Luiz Bernardo e o Diego Souza só aí a volta seri a certa.

  • Marden Góes - 8 de julho de 2021

    Situação parecida com a do Dedé, Éder Luis sempre jogou com vontade e bem no Vasco, tem tanto jogador ruim jogando no Vasco, que não vejo um na posição melhor do Éder Luis. Faz um contrato igual ao do Dedé, contrato de risco com valor razoável por partida, se jogar recebe, se não jogar não recebe, simples assim. AGORA DE FOR NA BASE DA RACHADINHA VÃO ASSINAR CONTRATO COM OS DOIS NO MÍNIMO POR DOIS ANOS E DE REPENTE SÓ VÃO AGUENTAR UM JOGO E COBRAR DEPOIS NA JUSTIÇA É ASSIM NO VASCO. OLHO NELES! É isso aí, Marden Góes, ETERNAMENTE VASCO!

    Responder
  • Rogério Augusto - 8 de julho de 2021

    Mais essa diretoria não pega ninguém que gosta de jogar no Vasco só pega merda que não serve nem pra ficar na privada que é o lugar de merda fora diretoria incompetente…

    Responder
  • Vlademir Aluísio Costa - 7 de julho de 2021

    Desde que saiu do Vasvo.. nunca mais tivemos jogadores de velocidade de criação pela lateral como o Éder.. seria ótima opção na atual gestão e momento.

    Responder
  • Dalmo Pinheiro Torres - 7 de julho de 2021

    O VASCO PRECISA DE UM ZAGUEIRO UM BOM LATERAL ESQUERDO UM MEIA DE LIGAÇÃO E UM BOM ATACANTE. AÍ SIM MELHORA E MUDA LOGO ESSE TREINADOR.

    Responder
  • Cosmo Martins - 7 de julho de 2021

    Séria uma ótima opção pro time

    Responder
  • João Paulo Gomes Schettini - 7 de julho de 2021

    Venha somar em nossa equipe Eder, será um grandioso prazer velo vestindo a camisa do Vasco novamente!

    Responder
  • Jônatas Alves - 7 de julho de 2021

    Pra mim voltavam ele eo Bernardo aí sim gosta do Vasco

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
17 de setembro de 2021
Justiça indefere pedido de sobrinho de Eurico cobrando R$ 247 mil do Vasco

Alexandre Brandão Miranda, sobrinho de Eurico Miranda, ainda terá que pagar quase R$ 22 mil pela derrota no processo contra o Vasco da Gama.

Fernando Diniz explica escalação de atacantes do Vasco em lados opostos

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz explicou porque escalou os atacantes em lados opostos na sua estreia pelo Clube.

Jogo contra o Cruzeiro marcará o reencontro entre Vasco e Vanderlei Luxemburgo

O jogo entre Vasco da Gama e Cruzeiro no próximo domingo marcará o reencontro do Cruzmaltino com seu ex-técnico, Vanderlei Luxemburgo.

Vasco solicita apenas 1 mil torcedores para o jogo contra o Cruzeiro

O Vasco da Gama teve o pedido atendido pela prefeitura do Rio e o Conselho Arbitral da CBF liberou a presença de público na Série B.

Fernando Diniz nega desgaste físico dos jogadores do Vasco contra o CRB

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz disse que os jogadores não tiveram desgaste físico no jogo contra o CRB.

Germán Cano se torna o 6º maior artilheiro do Vasco no século XXI

O atacante Germán Cano chegou a 39 gols e empatou com Alecsandro como sexto maior artilheiro do Vasco da Gama neste século.

Eduardo Paes brinca sobre público no jogo entre Vasco e Cruzeiro: ‘Fazendo meu lobby’

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro disse que fez ‘lobby’ pela liberação de público no jogo entre Vasco da Gama e Cruzeiro.

Efeito estreantes! Vasco acumulou números superiores que o CRB em empate

Nas estreias de Fernando Diniz e Nenê, o Vasco da Gama elevou o nível de atuação, mas ainda pecou individualmente e deixou a vitória escapar.

Zeca recebe o 3º amarelo e será desfalque contra Cruzeiro

O lateral-esquerdo do Vasco da Gama, Zeca, levou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão automática diante da Raposa.

Diniz projeta vitória contra o Cruzeiro e cita importância da torcida em São Januário

Fernando Diniz, técnico do Vasco da Gama, projetou a vitória contra o Cruzeiro e desejou que a torcida esteja em São Januário.

Veja mais notícias