Douglas relembra passagem e revela vontade de voltar ao Vasco

O zagueiro Douglas, que passou pelo Vasco da Gama entre 2010 e 2012, revelou que sonha em voltar a vestir a camisa do Clube.

Foi ar nesta quinta-feira (04) no canal do jornalista André Marques, no Youtube, uma entrevista especial com o zagueiro Douglas, que defendeu o Vasco da Gama entre 2010 e 2012, e atualmente está sem clube após longa passagem pela Chapecoense. O tema do bate-papo, em grande parte, foi relacionado ao Gigante.

Pai vascaíno e emoção por proposta do Vasco

Revelado pelo Juventude e com uma breve passagem pelo América-RN, Douglas chegou ao Vasco em 2010. O zagueiro relembrou da surpresa dele e do seu pai, que é vascaíno, com o convite do Gigante, dizendo que se sentiu feliz e honrado e que não pensou duas vezes para aceitar ir para o Clube.

- Quando recebi a proposta, para ser bem sincero, eu nem acreditei na hora. Fui pego de surpresa. Na época o treinador era do PC Gusmão e eu já havia trabalhado com ele no Juventude, inclusive foi ele que me lançou no profissional, então já me conhecia e quando recebi a proposta fiquei muito feliz, inclusive quando comuniquei ao meu pai, que é vascaíno roxo, ele também não acreditou porque primeiro move muitas sensações, ele sempre sonhou em me ver atuando profissionalmente e ter a oportunidade de defender o clube que ele torce, foi um misto de grandes sensações e emoções, e eu fiquei feliz e honrado. Não pensei duas vezes, só o fato de poder jogar no Vasco já era muito gratificante para mim na época.

Paciência, espera e recompensa

Mesmo contratado em 2010, Douglas demorou para ter espaço e conseguiu uma boa sequência de partidas apenas em 2012. Sobre isso, o zagueiro relembrou da grande concorrência no setor na época e que foi paciente para esperar o seu momento que aconteceu sob o comando de Cristóvão Borges.

- 2012 foi quando eu consegui me firmar mesmo. Na época, nós tínhamos um grande elenco com jogadores já consagrados no futebol brasileiro, ali no meu setor mesmo tinha várias opções, muitos zagueiros, e fui paciente, soube esperar o meu momento, e em 2012 consegui ter uma sequência maior, na época o treinador era o Cristóvão e foi com ele que consegui ter mais jogos.

Desmanche no elenco pós-Libertadores

Em crise financeira e com um elenco caros, o Vasco perdeu muitos jogadores importantes após a eliminação da Libertadores de 2012. Relembrando a época, o zagueiro destacou que a união do elenco foi essencial para segurar as pontas diante dos salários atrasados, mas que já era do conhecimento do grupo da chance de acontecer um desmanche após a saída da competição.

- O diferencial foi o grupo de atletas mesmo porque é complicado trabalhar num local onde tem esses problemas financeiros, mas nós éramos um grupo que gostava realmente de estar junto, de trabalhar junto, e acho que isso fez toda a diferença. Em qualquer outro lugar eu tenho certeza de que as coisas não iriam dar certo, mas passado a Libertadores todos do elenco já sabia que iria enfrentar dificuldade, isso incomoda, estava incomodando a muitos porque não se chegava a uma solução, e nós sabíamos que pós-Libertadores muitos jogadores iriam sair e foi o que realmente aconteceu, depois que fomos eliminados, a grande maioria acabou saindo.

Problemas financeiros e saída rumo à Ucrânia

Pouco tempo depois, em janeiro de 2013, foi a vez do próprio Douglas deixar o Vasco, com destino ao Dnipro, da Ucrânia. O zagueiro contou que a questão financeira que o Gigante enfrentava acabou sendo decisiva para a sua saída, diante do bom momento em que estava, e que aceitou por se tratar de uma proposta boa para ele e para o Clube. Ele ainda ressaltou que saiu pela porta da frente e se mostrou grato pela oportunidade do Vascão.

- Foi um momento bem difícil que o Vasco vivia financeiramente, então quando recebi a proposta para a Ucrânia até muitas pessoas falaram: "Poxa, Douglas. Vai deixar o Vasco para ir para um time desconhecido da Ucrânia?". Eu estava numa ascensão muito boa no Vasco, estava jogando ao lado de Dedé, estávamos conseguindo manter um bom nível de atuação, mas foi uma proposta muito boa para mim e para o Vasco, que precisava, então não pude recusar porque foi algo bom para todas as partes. Fico feliz por ter saído pela porta da frente, um clube que me abriu as portas, deu a oportunidade de hoje ser reconhecido no futebol brasileiro.

Carinho pelo Vasco

Depois de revelar a influência vascaína na família, Douglas contou se é ou não mais um cruzmaltino. Por ter crescido em São Paulo, o zagueiro disse que acabou tendo muita influência dos times paulistas, mas revelou que sempre teve um carinho e admiração pelo Gigante por causa do pai, que como ele já contou antes, é um torcedor fanático pelo Clube.

- Eu sempre gostei do Vasco. Sempre tive um carinho pelo Vasco por ver o meu pai torcendo, ele nunca me forçou a torcer. Eu cresci em São Paulo, então a gente acaba tendo mais influência dos times do estado, mas eu sempre admirei muito o Vasco por causa do meu pai.

Douglas defendeu o Vasco entre 2010 e 2012

Pretende retornar a São Januário

Perguntado se pretende um dia vestir a camisa do Vasco novamente, Douglas não teve dúvidas. Ele confirmou que tem sim o desejo de retornar ao Vascão, voltando a destacar o carinho pelo Clube, e contou que espera retornar ainda podendo ser importante para o Clube, se mostrando bastante confiante de que isso irá se concretiza em breve.

- Tenho esse desejo, essa vontade de retornar ao Vasco, clube onde eu tenho um carinho enorme e tenho certeza de que um dia isso vai acontecer. Vou ter mais uma realização de poder voltar, e assim, quero voltar bem e não só por voltar. Não vou admitir isso para mim. Quero voltar bem, podendo ajudar o Vasco, e tenho certeza de quem em breve isso pode acontecer.

Com a vontade de retornar ao Vasco, Douglas, hoje com 30 anos, tem como grande objetivo no momento retornar à Europa. O zagueiro, inclusive, esteve muito próximo de acertar com um clube da Rússia recentemente, mas a pandemia de Coronavírus acabou implicando no negócio. Ainda sem sair aonde, ele espera escrever uma nova história jogando no Velho Continente.

Leia mais sobre: Douglas, Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »