Diferença de R$ 250 mil impede acordo entre Luiz Gustavo e Vasco

Luiz Gustavo e o Vasco da Gama não chegaram a um acordo para encerrar o processo judicial por diferença de R$ 250 mil.

Uma diferença de R$ 250 mil entre o pedido por Luiz Gustavo e o oferecido pelo Vasco impediu a celebração de um acordo para encerrar o processo movido pelo lateral-direito contra o clube de São Januário. Atualmente emprestado ao Goiás, o jogador entrou na Justiça em março cobrando uma dívida de R$ 2,3 milhões.

O GloboEsporte.com, à época, revelou a reivindicação de salários atrasados e direitos trabalhistas não atendidos pelo Vasco. Agora, em 29 de junho, uma audiência, presidida pela juíza Patricia Lampert Gomes, da 49ª Vara do Trabalho do Rio, tentou sem sucesso o acordo - ela foi feita virtualmente por conta da pandemia do novo coronavírus.

Enquanto Luiz Gustavo topou receber R$ 1,5 milhão além de 15% honorários advocatícios, o Vasco se propôs a pagar R$ 1 milhão e 250 mil. O jogador, conforme relato da magistrada, também não gostou da oferta vascaína não ter estipulado uma data para o término do pagamento.

Luiz Gustavo cobra dívida do Vasco

A disputa agora, caso não haja novo entendimento, irá para decisão da juíza. Por ora, ela manteve a decisão de não conceder a rescisão indireta de contrato pedida pelo atleta. O vínculo dele termina ao final do ano.

Leia mais sobre: Luiz Gustavo

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »