Diego Souza relembra fuga do doping após título na Copa do Brasil

Diego Souza, atacante do Vasco da Gama na conquista da Copa do Brasil de 2011, revelou que fugiu do controle de doping.

Em 2011, o Vasco faturou a Copa do Brasil. O duelo contra o Coritiba, no Couto Pereira, foi repleto de tensão até o último minuto. Mesmo com a derrota por 3 a 2, o Cruzmaltino ficou com o título, já que venceu o primeiro jogo por 1 a 0. Dessa forma, após o apito final, Diego Souza, que foi selecionado para o doping, queria comemorar o título. Sendo assim, acabou adiando o teste por alguns minutos.

"Acabou a final em Coritiba e tiramos um peso das costas. Eu caí no doping, e o cara ficou correndo atrás de mim no campo até eu ir pro doping. Fiquei fugindo dele e ele dizendo que eu iria tomar multa. Eu falei: ‘Irmão, eu fui campeão, faz o que quiser, eu não vou agora'. Fiquei com o Alecsandro e o cara atrás de mim, o Prass foi levantar a taça e o cara atrás de mim. Depois eu entrei e ele falou que tinha que notificar, mas eu disse que não podia deixar de comemorar, tava engasgado com esse título", declarou em live na "Vasco TV".

Além disso, o atual atacante do Grêmio revelou o duelo contra o Avaí, pelas semifinais. Dessa forma, o grupo se uniu e conseguiu eliminar o time adversário na Ressacada, após empate no primeiro jogo.

Diego Souza

"Foi um título merecido, fizemos por onde. Esse time, sem dúvidas, foi um dos melhores que joguei como equipe. Jogava igual dentro e fora de casa. Fizemos o Trem-Bala de verdade contra o Avaí. A gente estava mordido, porque foi um jogo tenso contra o Avaí por tudo que envolveram as declarações dos jogadores do Avaí. Com todo respeito aos jogadores do Avaí, mas tínhamos grandes jogadores, e o Vasco merece respeito porque essa camisa tem muito peso. Jogamos como Vasco e tivemos aquela vitória fantástica", completou.

Leia mais sobre: Diego Souza, Copa do Brasil

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »