Diego Souza: nos apegamos à época, não ao momento

Análise da cogitação de Diego Souza no Vasco da Gama, levando em conta o seu momento e o que fez no passado pelo Vasco.

Nós torcedores do Vasco, sempre fomos acostumados a termos ótimos times, que batalham por títulos, enxem nossos olhos com um bonito futebol e que faz nossa torcida vibrar.

Infelizmente passamos por uma era onde isso tudo se torna apenas lembrança, problemas financeiros, políticos, de gestão entre outros.

Em 2011 - 2012 fomos surpreendidos, e eis que surge um time competitivo que nos dava orgulho, dava gosto de ver o trem bala liderado por Diego Souza jogar. Relembramos um pouco daquele passado glorioso, disputamos lá em cima, fomos vice do Brasileiro, campeões da Copa do Brasil e por uma fatalidade, não levamos a libertadores.

É natural que uma suposta volta do Diego Souza cause uma confusão na mente de nós torcedores, uma vez que ele é o representante do que tivemos mais perto das glórias do passado, porém também temos que lembrar que já fazem 7 ou 8 anos, e que seu futebol não é o mesmo, e até mesmo suas escolhas e prioridades também não são.

Nossa torcida está muito dividida em relação a este tema, e o mais curioso é que ele está sendo depois de tudo, especulado no Sport que irá jogar a Série B esse ano, e não no Vasco.

Não nego que bate aquela esperança dele voltar e fazer a engrenagem girar novamente, mas minha cabeça, na razão imagina que isso é muito difícil, mas caso ele volte tenho certeza que ele agregaria, sim porque ele caberia no time, não porque ele seria quem foi há anos atrás, temos que ter pés no chão, outro dia estávamos comemorando como loucos o retorno de Riascos, tudo porque ele fez uma breve e vitoriosa passagem pelo Vasco.

Diego Souza brilhou no Vasco

Nos apeguemos à época, o correto é entendermos e vivermos o momento do time e de cada jogador.

Por Mathews Lemos

Leia mais sobre: Diego Souza

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »