Demissão de Lisca evidencia planejamento capenga de times brasileiros

Lisca pediu demissão do Vasco da Gama e Clube de São Januário foi atrás de Fernando Diniz para a sequência da Série B.

Lisca durante treino no CT do Athletico-PR
Lisca durante treino no CT do Athletico-PR (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Não que precisamos de mais um caso para constatar que o futebol brasileiro é uma zona, mas a saída do técnico Lisca escancara uma realidade triste no esporte bretão, a falta de planejamento na construção dos elencos, transformando os clubes em verdadeiras máquinas de triturar treinadores.

Culturalmente, os cartolas no Brasil sempre entenderam que é mais fácil trocar o treinador do que se debruçar sobre a montagem e a qualidade do elenco oferecido aos profissionais que comandam os times. A pressão por resultados imediatos faz com que as ideias não floresçam nesse deserto de ideias. Lisca foi apenas mais uma “vítima” desse roteiro que não muda.

Já os dirigentes dos Clubes, no caso do Vasco, leia-se o presidente Jorge Salgado e o diretor executivo Alexandre Pássaro, não tem suas escolhas na formação do elenco questionadas. Pouco se fala sobre o trabalho feito por pessoas que, não necessariamente, entendem da parte técnica, do jogo jogado dentro de campo, e contratam atletas aleatórios para depois correrem atrás do prejuízo quando oe estrago já foi feito.

Um passo importante, diga-se, foi dado em direção a mudança desse cenário, o limite para troca de técnicos, mecanismo implementado pela CBF pela primeira vez nesta temporada. Na nova regra, cada clube só pode demitir técnico uma vez. E cada treinador só pode pedir demissão uma vez. Quem pedir a segunda, não pode mais treinar na mesma competição.

Mas existe um detalhe no regulamento que pode provocar uma “brecha”. Segundo o artigo 29 do documento, a “rescisão por mútuo acordo” não contará para o limite de trocas em relação aos dois lados, esse adendo pode fazer com que os times driblem a determinação. O famoso jeitinho (do futebol) brasileiro.

Agora, o Vasco seguirá sua caminhada na Série B com Fernando Diniz. E quem garante que ele não será mais um a ser atropelado pela mania “resultadista” do nosso sistema? O futuro do Gigante da Colina está em jogo e o grande objetivo da temporada, que é devolver o Cruzmaltino ao seu lugar, que á a elite do futebol nacional, corre sério perigo, especialmente nesse panorama.

Leia mais sobreLisca
1 comentário
  • Liberato Pereira da Silva Filho - 10 de setembro de 2021

    Espero que eu esteja muito enganado ou muito pessimista ,mas acho que este ano ficaremos onde estamos ,graças aos conselheiros que passam o tempo todo brigando para eleger este ou aquele coveiro .A sorte de Jorge Salgado e sua nefasta diretoria e de quebra este Passaro ,é que eles estão no Vasco outrora dono de grandes times e, caminhando para ser amanhã ,o América de hoje que alguns anos foi time grande .Mas a sorte destas diretorias é que são do Vasco ,pois si fossem do Flamengo ,Corinthians já teriam levado uns cascudos ,mas estão em São Januário e lá eles fazem o que querem em seus benificios e a torcida …….que si F…….

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
19 de outubro de 2021
Alemão e Diogo Calhau são eleitos o melhor goleiro e técnico da Copa Brasileirinho Sub-14

Alemão e Diogo Calhau foram escolhidos como melhor goleiro e técnico, respectivamente, da Copa Brasileirinho Sub-14.

Na Gávea? Conheça a origem do apelido ‘Dinamite’

Saiba como Roberto Dinamite ganhou o apelido ‘Dinamite’ antes de se tornar o maior artilheiro da história do Vasco da Gama.

Dinamite agradece mobilização dos torcedores do Vasco: ‘Honra e orgulho’

Roberto Dinamite agradeceu o carinho dos torcedores do Vasco da Gama que irão financiar sua estátua em São Januário.

Torcedor do Vasco viraliza ao ‘proteger’ cerveja durante comemoração de gol em SJ

O vascaíno Aluízo Deodato ficou famoso nas redes sociais ao tentar proteger sua cerveja após um dos gols da vitória sobre o Coritiba.

Mauro Cezar destaca festa da torcida do Vasco contra o Coritiba

Jornalista do UOL, Mauro Cezar Pereira elogiou a presença e o apoio da torcida do Vasco da Gama na partida contra o Coritiba.

Nenê e Cano lideram estatísticas no Vasco de Diniz e comandam reação da equipe

Lideranças técnicas do Vasco da Gama, Nenê e Germán Cano são os dois grandes destaques dos da equipe comandada por Fernando Diniz.

18 de outubro de 2021
Pesquisa aponta que Vasco tem 2,3% da torcida de Minas Gerais

Levantamento realizado pelo Instituto Datatempo mostra que os vascaínos representam 2,3% do total de torcedores em Minas Gerais.

Vasco fecha patrocínio com a Pixbet; Edmundo será garoto-propaganda, diz jornalista

Vasco da Gama acerta com novo patrocinador máster que trará Edmundo para ser o garoto propaganda, afirma jornalista.

Vasco arrecada R$ 211 mil para estátua de Dinamite e agradece torcida: ‘Craque do jogo’

Vasco da Gama arrecadou mais de 100% do valor previsto para a construção da estátua do ídolo Roberto Dinamite.

CRB empata com Vila Nova e Vasco pode terminar a rodada a 1 ponto do G4

Vasco da Gama pode se beneficiar do empate entre CRB e Vila Nova e terminar a 31ª rodada da Série B a 1 ponto do G4.

Veja mais notícias