Dedé relembra difícil saída do Vasco em 2013

O zagueiro Dedé, hoje ídolo no Cruzeiro, relembrou as situações que motivaram a sua saída do Vasco da Gama em 2013.

Campeão da Copa do Brasil pelo Cruzeiro na última quarta-feira (17), o zagueiro Dedé conversou com Casagrande em entrevista exibida no programa “Esporte Espetacular”, da TV Globo, no último domingo (21).

Hoje um grande ídolo na Toca da Raposa, Dedé teve uma passagem marcante por São Januário. Ele, na entrevista, destacou o carinho que guarda do Clube e relembrou a difícil decisão de sair do Vasco da Gama.

“Tive uma passagem maravilhosa pelo Vasco. É um carinho que sempre vou ter com o Clube. Eu ainda tive um momento de desconfiança, de sair de um time que gosto muito, onde o torcedor me abraçou, mas os cruzeirenses me abraçaram de uma forma totalmente diferente do que eu vi”, disse o zagueiro.

Ainda sobre sua saída do Vasco, no primeiro semestre de 2013, Dedé relembrou a grande vontade da diretoria de vendê-lo na época, e como os atrasos salariais de funcionários foram determinantes para que isso se concretizasse.

“O Vasco estava num desespero para a minha venda, e eu vi funcionários com meses sem receber. Eu fui de coração e falei para os funcionários que faria o que pudesse para ajudá-los, e foi a minha saída do Clube que fez ajudar eles”, relembrou Dedé.

Dedé defendeu o Vasco entre 2009 e 2013. Contratado junto ao Volta Redonda, sem grande badalação, o zagueiro foi conquistando o seu espaço e acabou se tornando o “Mito” entre os vascaínos. Em São Januário, ele acumulou grandes momentos, com destaque para a conquista da Copa do Brasil de 2011.

Leia mais sobre: Dedé, Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »