Declarações de Jorge Salgado na entrevista coletiva desta sexta-feira

As declarações de Jorge Salgado, presidente do Vasco da Gama, na entrevista coletiva desta sexta-feira (26), em São Januário.

Anderson Montalvão
Por Anderson Montalvão
-  26 de fevereiro de 2021 às 19:54-  Atualizada em 26 de fevereiro de 2021 às 20:34
Jorge Salgado em entrevista nesta sexta-feira
Jorge Salgado em entrevista nesta sexta-feira (Reprodução/Vasco TV)
data-full-width-responsive="true"

O presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, concedeu entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (26), em São Januário e comentou o impacto da queda do time para a Série B do Campeonato Brasileiro.

Salgado também detalhou os planos para encarar o desafio de reconstruir o Gigante da Colina, evitou chorar leite derramado, e reforçou os compromisso que tem a assumir, como colocar salários em dia em São Januário.

Ladeado por vice-presidentes, o comandante vascaíno ainda discorreu sobre as polêmicas envolvendo o VAR, falou de patrocínio, entre outros assuntos, conforme se vê nas reproduções abaixo.

Jorge Salgado: – O Clube está pronto para começar um período de reestruturação, com muito trabalho, com muita luta. Vamos ter que combater o desperdício, fazer um ajuste muito grande do ponto de vista financeiro em todas as áreas. Atletas, funcionários, fornecedores.

Jorge Salgado: – Estamos acostumados a enfrentar desafios, tudo vai ser encaminhado no sentido de encontrar uma solução. Os primeiros meses vão ser os mais difíceis porque é quando estaremos fazendo os ajustes.

Jorge Salgado: – Não é ficar chorando o leite derramado, mas o Vasco não merecia em hipótese alguma esse rebaixamento.

Jorge Salgado: – Tivemos 18 intervenções de VAR contra a nossa equipe, em 3 ou 4 fomos seguramente prejudicados, inclusive neste contra o Internacional. Então vamos aguardar o que a Justiça vai decidir. As providências estão sendo tomadas.

Jorge Salgado: – A nossa meta é perseguir o pagamento do salário de funcionários e jogadores em dia. Combater o desperdício. Melhorar a eficiência em todas as áreas e reconstruir o nosso Clube, para fazer ele voltar a Série A.

Jorge Salgado: – O Vasco vai ser diferente daqui para a frente. Vamos tentar de todas as maneiras eliminar essa falta de compromisso com o pagamento de salários e tenho certeza que vamos voltar muito mais fortes para a Primeira Divisão.

Jorge Salgado: – Estamos adequando nosso orçamento, o endividamento aumentou R$ 100 milhões e perda, com rebaixamento, de R$ 100 milhões, então são R$ 200 milhões contra.

Jorge Salgado: – Zé Luiz já deixa de ser o vice-presidente de futebol. Ainda não temos a pessoa. No momento certo vamos anunciar.

Jorge Salgado: – A pessoa física tem sido a última instância do ponto de vista de socorrer o fluxo de caixa do Clube.

Jorge Salgado: – Pretendemos atrair um patrocinador máster para o CT. Precisamos dar prioridade a isso.

As declarações foram reproduzidas do Globo Esporte, Expresso 1898, Esporte News Mundo e News Colina, veículos que cobriram a coletiva em São Januário.

Leia Mais Sobre